A Falsa “Grávida de Taubaté” agora engravidou e virou pastora? Verdade Ou Mentira?

É verdade que, após enganar o Brasil com a falsa gravidez de quadrigêmeos, a mulher conhecida como a “Grávida de Taubaté” engravidou e virou pastora evangélica?

A notícia apareceu nas redes sociais na primeira semana de dezembro de 2016. De acordo com o texto, a “falsa grávida de Taubaté” estaria grávida de verdade dessa vez e teria virado pastora da Igreja Assembléia de Deus.

A manchete também afirma que a mulher estaria esperando uma menina e que teria dito em entrevista que quando inventou a gravidez dos quadrigêmeos (em 2012) estava ”possuída”.

Será que isso é verdade ou mentira?

a-falsa-gravida-de-taubate-agora-engravidou-e-virou-pastora-verdade-ou-mentira

É verdade que, após enganar o Brasil com a falsa gravidez de quadrigêmeos, a mulher conhecida como a “Grávida de Taubaté” engravidou e virou pastora evangélica?

A notícia apareceu nas redes sociais na primeira semana de dezembro de 2016. De acordo com o texto, a “falsa grávida de Taubaté” estaria grávida de verdade dessa vez e teria virado pastora da Igreja Assembléia de Deus.

A manchete também afirma que a mulher estaria esperando uma menina e que teria dito em entrevista que quando inventou a gravidez dos quadrigêmeos (em 2012) estava ”possuída”.

Apesar de muita gente ter acreditado nessa história, ela é falsa!

Tudo começou em uma postagem feita em novembro de 2016 no Portal Atualizado, site conhecido aqui no E-farsas por criar várias notícias falsas como, por exemplo, aquela afirmando que os cientistas teriam descoberto um tipo de barata voadora venenosa.

Acontece que essa e-farsa se propagou ainda mais depois que o jornal Primeiro Impacto noticiou essa manchete no SBT, sem verificar a origem dos fatos! A “Grávida de Taubaté” sequer foi ouvida….

Em 2012, a jovem moradora da cidade de Taubaté (SP) virou atração nos programas sensacionalistas da TV brasileira após afirmar que estava grávida de quadrigêmeos!!! Para convencer o público (e os jornalistas), a “Grávida de Taubaté” usava uma enorme bola amarrada na barriga, além de usar imagens de ultrassom retiradas do Google Images…

O que se sabe sobre a moça é que, após 2 anos, a justiça encerrou o processo que ela respondia por estelionato. Em 2014, Maria Verônica Aparecida Santos foi inocentada juntamente com o marido, mas ainda respondiam por outros dois processos: Um deles movido pelo seu próprio advogado (para receber seus honorários) e outro movido pela dona das imagens de ultrassom que foram usadas indevidamente pela “Grávida de Taubaté”.

Conclusão
A “Grávida de Taubaté” não está grávida e não virou pastora evangélica! A “notícia” foi criada por um site especializado em inventar notícias falsas e até o SBT caiu nessa!

Posted in A Falsa Grávida De taubatè at dezembro 9th, 2016. No Comments.

Os filhos mentem aos pais? Verdade ou Mentira? O que fazer?

os-filhos-mentem-aos-pais-verdade-ou-mentira-o-que-fazer

Estudo internacional revela que os pais só “apanham” metade das mentiras dos filhos. Daniel Sampaio, psiquiatra, defende confronto firme quando as mentiras se repetem. E lembra que as mentiras de pais para filhos “são mais preocupantes”.Não há volta a dar e não vale a pena colocar paninhos quentes. Os filhos, por vezes, mentem aos pais. Há um estudo internacional, que resulta de várias investigações feitas sobre o assunto, que conclui que os pais só conseguem identificar 47,5% das mentiras dos filhos. A análise agora revelada demonstra, portanto, que os pais nem sempre têm o faro apurado para perceber que há mentiras nas conversas dos mais pequenos. A pesquisa, publicada no Law and Human Behavior e que envolveu 7893 adultos e 1858 crianças em 45 experiências, lembra que os adultos analisam com regularidade se os mais novos dizem ou não a verdade em vários contextos, nomeadamente em casa e na escola.
As pequenas mentiras dos filhos acontecem e são normais. “São mais preocupantes as mentiras de pais para filhos, de que ninguém fala – porque os pais devem transmitir valores e a verdade é um deles”, refere o psiquiatra Daniel Sampaio ao EDUCARE.PT. “Se os pais são verdadeiros com os filhos e usam a verdade na relação, é raro que as mentiras dos filhos sejam preocupantes”, sublinha. O que deve preocupar, na sua opinião, são as mentiras persistentes, repetidas várias vezes, e sobre o mesmo tema, seja, por exemplo, sobre o estudo, os amigos, seja sobre o consumo de álcool e drogas. “Os pais não devem ter a obsessão de andar atrás dos filhos para ver se eles faltam à verdade, mas devem confrontá-los com firmeza se a mentira se repete”. Os pais devem estar atentos, os professores também, sobretudo se as mentiras se repetem. “Na adolescência as mentiras são mais frequentes, porque há um mundo de descobertas que se quer, muitas vezes, manter privado, até por receio da reação dos pais”. O que fazer? A estratégia é sempre a mesma. Daniel Sampaio aconselha a falar com calma, ouvir com atenção, corrigir comportamentos. “Em caso de repetição, deverá haver um castigo imediato, que incida sobre a vida dos mais novos”. “Em todos os casos, a confiança interpessoal entre adultos e jovens é o caminho a seguir”, aconselha.
A relação e a comunicação entre pais e filhos são importantes neste contexto, mas nem sempre é possível detetar todas as mentiras. Se a mentira é apanhada, então é fundamental “perceber porque aconteceu e encontrar alternativas à mentira com a criança ou adolescente e as vantagens dessas alternativas”, afirma Rita Castanheira Alves, psicóloga infantojuvenil e de aconselhamento parental, ao EDUCARE.PT. Há estratégias para lidar com a situação. Comunicação saudável, conhecer bem como funcionam os mais novos, as suas reações e comportamentos, uma presença frequente e consistente dos adultos, são importantes para resolver problemas desta dimensão. “Mais do que o foco na deteção de mentiras, o trabalho preventivo de comunicação saudável, relação aberta, o adulto como modelo são estratégias eficazes e que poderão tornar a mentira uma exceção, ainda que possa inevitavelmente surgir, a par com a forma como se lida quando a mentira são aspetos fundamentais para a extinção ou reforço da mesma”, diz.
Fantasia ou experiência?
O que os pais devem fazer se confirmarem que os filhos mentem demasiadas vezes? “Antes de mais, refletir sobre que tipo de mentiras estão em causa, para que se perceba se é uma fase de fantasia ou uma ‘experiência’ de lidar com a realidade e paralelamente, acima de tudo, compreender esse sintoma: porque será que o meu filho necessita de mentir?”.
Há mentiras e mentiras. As mentiras não são todas iguais, não têm a mesma dimensão. Rita Castanheira Alves, que acaba de publicar o livro Adolescência, Os Anos da Mudança, lembra que em idades mais precoces, em que a fantasia e a imaginação estão muito presentes e a borbulhar, aparecem muitas mentiras em que a realidade se confunde facilmente com a ficção e, por vezes, surgem mentiras em que a própria criança parece quase acreditar e que são ditas quase como forma de interpretar e dar sentido à realidade “e não como uma estratégia premeditada, negativa e de recurso à mentira de forma negativa e preocupante”. E a forma como os adultos lidam com as primeiras vezes em que são confrontados com mentiras “poderá influenciar o recurso recorrente à mesma ou o abandono da estratégia e substituição por outra mais saudável e adequada”.
As crianças crescem e a mentira poderá tornar-se mais frequente. Por isso, é necessário que os pais compreendam o contexto e os motivos. Há vários aspetos que convém aprofundar. “Perceberem porque a criança precisa de recorrer a essa estratégia; frequência do uso da mesma e contextos (se é pontual, recorrente; só em casa; só na escola; com todos os adultos; com os pares; com adultos e/ou pares específicos); os pais refletirem sobre o seu próprio recurso à mentira; a forma como ela é praticada com a criança; se está a servir como fuga a uma consequência, punição; se poderá significar o receio da criança/adolescente desiludir o pai/a mãe; se é associada à fantasia ou a aspetos muito práticos e planeados; como foi trabalhada a relação entre pais e filhos quando a criança/adolescente optou por dizer a verdade mesmo sobre atos mais negativos; se houve e há ganhos com o recurso à mentira.”
Comunicação constante e saudável:
Os professores também devem estar atentos. “São agentes educativos fundamentais na deteção precoce de situações de risco, com quem a criança/adolescente está bastante tempo, pelo que a deteção destas situações como de outras precocemente poderá ser excelente contributo para que depois se possam mobilizar as estratégias necessárias por parte dos pais e até a ajuda aos mesmos na compreensão dos motivos das mentiras dos filhos. Por outro lado, são modelos, pelo que poderão ser excelentes transmissores do valor e importância da verdade e ajuda da criança/adolescente a praticarem a mesma”.
Há conselhos neste domínio. “Estimular a comunicação constante e saudável com a criança/adolescente e a relação aberta como estratégias preventivas que permitam que, em momentos de crise, opte por partilhar a verdade com os adultos, evitando danos maiores.” Rita Castanheira Alves realça que os pais devem, antes de mais, refletir sobre o seu próprio recurso à mentira, sobre a necessidade e os motivos da criança recorrer à mentira tão frequentemente e agirem nos motivos que possam estar a perturbá-la. Devem reagir de acordo com a compreensão dos motivos do recurso à mentira e com a transmissão de soluções alternativas, objetivas e como uma oportunidade para, em conjunto, praticarem a verdade em futuras situações. Devem perceber se acontece só com os pais ou com outros adultos e amigos e noutros contextos.
Os adultos devem proporcionar e estimular positivamente o recurso à verdade, mesmo quando a criança ou adolescente partilham situações e comportamentos negativos. Devem também ter cuidado para não proporcionar um contexto de medo que faça com que os mais novos se retraiam nos momentos de partilha, e devem elogiar quando é dita a verdade mesmo que seja difícil ouvi-la – nestes casos, de comportamentos ou situações negativas, é necessário um trabalho de intervenção no comportamento negativo que foi partilhado para reparar a situação e, acima de tudo, aprender com os erros.

Posted in Os Filhos Mentem Para Os Pais? at dezembro 7th, 2016. No Comments.

Papai Noel Existe ou Não? Verdade ou Mentira? O Que Dizer Para As Crianças?

papai-noel-existe-ou-nao-verdade-ou-mentira-o-que-dizer-para-as-criancas-01

Símbolo inconfundível das festividades natalinas, o Papai Noel ainda desperta muita polêmica quando o assunto é realidade. Entre gaguejamento e línguas tropeçadas, fica difícil responder a pergunta “Papai noel existe?” para uma criança quando não estamos preparados. Mas afinal, Papai Noel existe? O que dizer para nossos filhos?

De acordo com os professores psicólogos Christopher Boyle e Kathy McKay do Exeter (Reino Unido) e da Australian New England University, dizer para as crianças que o Papai Noel existe é uma mentira escancarada que apenas fará com que as crianças não confiem mais em adultos assim que descobrirem a verdade. Segundo eles, a mentira sobre a existência do Papai Noel trará uma crise existencial, invalidando para as crianças qualquer confiança estabelecida nos adultos.
Mas o que é a verdade?

Embora a sugestão seja interessante, é preciso que nos atentemos a alguns pontos a respeito da verdadeira existência ou não do Papai Noel. Fato, ao menos irreparável socialmente, é que a figura do Papai Noel existe e todos sabem bem como é. Não há criança ou adulto que não saiba descrever com perfeição o Papai Noel.

Para o filósofo Alemão Friedrich Nietzsche, a questão da existência ou não do Papai Noel cai em descrédito total em própria formulação. Neste caso da verdade ou mentira, Nietzsche não define e nem aceita a definição da verdade, pois não há como alcançar com certeza a definição do oposto da mentira.

Já para a filosofia ocidental geral, a verdade depende de três constantes de valores variáveis: a realidade, o imaginário e a ficção. Desta maneira, quando os três critérios encontram um ponto central de entendimento, encontra-se a verdade.

Porém, não é possível aprofundar-se em filosofia com crianças durante o fervor causado pela pergunta “Papai Noel existe?”. Neste momento, temos uma decisão muito importante a fazer e que influenciará a forma com que a criança nos verá para o resto da vida. Por isso é importante prestar atenção.

papai-noel-existe-ou-nao-verdade-ou-mentira-o-que-dizer-para-as-criancas-02

Ver para crer!
Devemos ter em mente que a existência de algo não implica em uma tangibilidade, ou seja, não é necessário que possamos tocar algo para saber que algo existe. A partir daí podemos citar inúmeros exemplos, tais como o ar ou mesmo uma celebridade constantemente apresentada em revistas, programas de televisão e etc. Tudo isso nos é mostrado o tempo todo como real, mas será que precismos ter visto isto ou aquilo para sabermos se se trata da verdade?
Cada criança tem um tempo próprio de desenvolvimento físico e mental. Algumas crianças demonstram facilidade para certas coisas, enquanto outras podem demorar um pouco mais para desenvolver a aptidão. E isso acomete todo desenvolvimento da criança.

Evidentemente, se temos uma criança com 4 anos de idade que nos pergunta se o Papai Noel existe nós devemos responder que sim. O mesmo vale para crianças menores ou até chegarem na adolescência. Por quê? Pois a realidade depende diretamente da realidade que nos cerca em nossa fase de desenvolvimento.

Isso significa que, na realidade da criança, o Papai Noel existe. E, nesta questão, não faz diferença se foi você quem contou ou não sobre a existência do Papai Noel. Naturalmente a criança aprenderá que ele existe, e, naturalmente, aprenderá que não existe.

Mentiras sinceras!
Mas “mentir” sobre a existência do Papai Noel não é pior? Definitivamente não. Isso é claramente evidenciado quando interrogamos os que hoje são adultos. Em sua maioria, todos acreditaram em Papai Noel algum dia e isso não foi obstáculo algum para serem quem são hoje.

Isso não quer dizer que você deva necessariamente fazer seu filho ou filha acreditar em Papai Noel. Mas, se uma criança perguntar a você se o Papai Noel existe é porque ela acredita, e seu papel como pai, mãe ou cuidador(a) é o de deixá-la acreditar.

Como dito, naturalmente, a criança começará a ter dúvidas sobre a verdadeira existência com o passar dos anos. Neste ponto, basta esclarecer as dúvidas que surgirem e nada mais.

Posted in Papai Noel Existe? Verdade Ou mentira? at dezembro 6th, 2016. No Comments.

A Foto do Corpo de Fidel Castro é Verdade ou Mentira?

Após o anúncio da morte do líder cubano Fidel Castro, uma foto de seu corpo sem vida em uma cama começou a se espalhar na web! Será que ela é verdadeira ou falsa?

No dia 25 de novembro de 2016, o ex-presidente de Cuba, Fidel Castro, faleceu aos 90 anos de idade. Sua morte foi noticiada pela TV estatal cubana por seu irmão e atual presidente de Cuba, Raúl Castro!

Após ser “morto” tantas vezes pelos boatos da internet, Fidel morre “de verdade” e, assim que a notícia foi divulgada, a foto abaixo começou a circular! Nela podemos ver o morto fardado e com os braços em cima da barriga, mas será que essa foto é real? Verdadeira ou falsa?
Ainda não foram disponibilizadas fotos do corpo de Fidel Castro. Apesar dos rumores e teorias, nem a causa da morte foi divulgada ainda. O que foi informado por Raúl Castro é que o corpo do irmão será cremado.

Quanto a essa imagem que está sendo usada para ilustrar a notícia da morte do líder cubano, trata-se de uma montagem que circula há anos pela web. Podemos ver essa mesma foto em postagens de feitas desde 2010. Na imagem abaixo, podemos ver que ela foi usada de novo em 2014:

a-foto-do-corpo-de-fidel-castro-e-verdade-ou-mentira-01

Morte recorrente
Essa não foi a primeira vez que o mundo caiu numa notícia falsa da morte de Castro! Em abril de 2014, um perfil falso do então presidente da Venezuela Nicolas Maduro no Twitter espalhou novamente a morte do comandante Fidel: E outras montagens se espalharam e continuam se espalhando:

a-foto-do-corpo-de-fidel-Conclusão A foto do Fidel Castro morto que está sendo usada para ilustrar as notícias a respeito de sua morte é falsa e é usada em boatos desde 2010!castro-e-verdade-ou-mentira-02

Conclusão
A foto do Fidel Castro morto que está sendo usada para ilustrar as notícias a respeito de sua morte é falsa e é usada em boatos desde 2010!

 

 

Posted in A Foto Da Morte De Fidel Castro at novembro 29th, 2016. No Comments.

Foto Mostra Cachorro no Carrinho e Criança na Coleira! Verdade Ou Mentira?

Inversão de valores? Será que a imagem de um cachorrinho sendo levado em um carrinho de bebê e uma criança sendo levada na coleira é verdadeira ou falsa?

A foto apareceu nas redes sociais no final da primeira quinzena de novembro de 2016 e mostra uma situação um tanto inusitada: Enquanto uma mulher caminha pelo shopping com o seu cãozinho em um carrinho de bebê, outra mulher conduz uma criança presa a uma coleira!

Só no Facebook a fotografia foi compartilhada milhares de vezes, além de inúmeros comentários indignados com a cena.

Mas será que essa imagem é verdadeira ou falsa?

foto-mostra-cachorro-no-carrinho-e-crianca-na-coleira-verdade-ou-mentira

Verdade ou farsa?
A imagem foi usada para ilustrar uma reportagem publicada pela Revista do Correio e foi reproduzida no blog do jornal Correio Brasiliense no dia 13 de novembro de 2016. A matéria fala sobre ao novo conceito Pet Friendly (onde o cliente pode visitar levando seu animal de estimação) que está sendo adotado por vários shoppings e restaurantes no Brasil.

A fotografia foi tirada por Jhonatan Vieira, a serviço da CBFotografia, e é real!

A polêmica da coleira:
Quanto ao fato da criança usando coleira, trata-se de uma mochila usada há muitos anos – principalmente fora do Brasil, como podemos ver nessa matéria do site Vila Mulher. Abaixo, um exemplo desse acessório, à venda na Amazon:

foto-mostra-cachorro-no-carrinho-e-crianca-na-coleira-verdade-ou-mentira-01

Conclusão
A foto é verdadeira!

Universidade oferece curso de “Pedagogia”? Verdadeiro Ou Mentira?

Foto mostra um outdoor com uma propaganda de um curso à distância para Pedagogia, mas o texto está escrito errado! Será que isso é verdade ou farsa?

A foto fez bastante sucesso nas redes sociais no dia 18 de novembro de 2016 e rapidamente se tornou um dos assuntos mais compartilhados no Facebook. Na fotografia podemos ver um outdoor de uma universidade chamada UniCesumar que estaria oferecendo o curso de “Pedagogia” (que deveria ser Pedagogia, mas a palavra foi escrita errado).

O erro virou motivo de piada no Twitter e no Facebook! Afinal, qual jovem não queria aprender como ter uma boa pegada? ?

Será que essa imagem é verdadeira ou falsa?

universidade-oferece-curso-de-pedagogia-verdade-ou-mentira
Verdadeiro ou falso?
O outdoor existe mesmo! Ou melhor, existia!
Poucas horas após a foto viralizar nas redes sociais, a universidade usou a sua página no Facebook para explicar que houve um erro de digitação na arte do outdoor e que a placa foi retirada imediatamente.

A direção da instituição ainda completou que:.
“[…] Somos feitos de pessoas e, às vezes, erros acontecem. Acreditamos que é importante ter a coragem para assumi-los e propor a correção.[…]”

universidade-oferece-curso-de-pedagogia-verdade-ou-mentira-01

Abaixo, uma foto de outro ângulo da mesma placa:

universidade-oferece-curso-de-pedagogia-verdade-ou-mentira-02

Conclusão
A imagem do outdoor com o curso de Pedagogia escrito como “Pegadogia” é real, mas já foi removida!

Obama chuta porta em protesto contra Trump! Será? Verdade ou Mentira?

 

obama-chuta-porta-em-protesto-contra-trump-sera-verdade-ou-mentira

Descubra no E-farsas se o vídeo do presidente dos Estados Unidos Barack Obama chutando uma porta em protesto contra Donald Trump é verdadeiro ou falso!

Na primeira quinzena de novembro de 2016, o mundo virou de cabeça pra baixo com a vitória do empresário Donald Trump à presidência dos Estados Unidos. Vários sites voltaram a publicar aquela mentira sobre os Simpsons já terem previsto que Trump viraria presidente, além de vários outros boatos e rumores!
Aliás, pra quem não conhece o nosso canal, já expliquei no E-farsas várias vezes que os Simpsons não previram nada!

São tantos os boatos e rumores envolvendo a vitória de Donald Trump que material não falta pra gente trabalhar! Uma busca aqui no E-farsas.com por “Trump” mostra que já pesquisamos vários rumores envolvendo as eleições presidenciais estado-unidenses!

Mas no vídeo de hoje vamos tentar explicar pra vocês se um vídeo que foi bastante compartilhado na redes sociais é verdadeiro ou falso!
O vídeo é esse que mostra o atual presidente dos Estados Unidos Barack Obama chutando uma porta fulo da vida por causa da escolha do E aí, será que ele é verdadeiro ou falso?

 

Posted in Obama Chuta Porta Em Protesto at novembro 25th, 2016. No Comments.

Mulher filmada batendo no filho morreu degolada? Verdade ou Mentira?

É verdade que a mulher flagrada batendo em uma criança no sofá foi capturada e degolada pela população? Será que isso é verdade ou mentira?

O vídeo de uma mulher batendo em um bebê foi bastante compartilhado no Facebook no começo de novembro de 2016 por muitos usuários enfurecidos com a brutalidade das cenas e pedindo pras autoridades tomarem providências. No vídeo, a mulher (que seria nordestina) espanca um bebê, irritada com o choro da criança!!!
Acontece que, algumas semanas após esse vídeo se tornar famoso na web, surgiu a notícia afirmando que essa mesma mulher havia sido encontrada pela população que teria resolvido fazer justiça com as próprias mãos, degolando a agressora de bebês!

A história vem acompanhada da foto de uma mulher morta, com o pescoço cortado!!!

Será que isso é verdade?

mulher-filmada-batendo-no-filho-morreu-degolada-verdade-ou-mentira

Verdadeiro ou Mentira?
Essa notícia é uma invenção criada em cima de outra notícia falsa. Nesse caso, são duas e-farsas: A primeira, é que a mulher flagrada batendo na criança seria brasileira e a segunda é que ela teria sido morta!

Na verdade, a agressora foi identificada como Aygul Kozhabaevna, que foi presa após ser filmada agredindo seu próprio filho porque, segundo ela, o bebê não parava de chorar. As cenas foram gravadas na cidade de Almaty, no Cazaquistão, em agosto de 2016. Ela estava a passeio na casa de um amigo, que fez a gravação.

Ou seja, ela não é nem brasileira!

Quanto à imagem da mulher morta e com o pescoço cortado, trata-se de um caso ocorrido em 2010, como você pode ver aqui (cuidado! Imagens fortes!):

mulher-filmada-batendo-no-filho-morreu-degolada-verdade-ou-mentira-01

Conclusão
A mulher que aparece em vídeo espancando uma criança não é brasileira e não foi morta com um corte profundo no pescoço!

Verdade ou mentira? Surfista posta foto impressionante com a super lua.

verdade-ou-mentira-surfista-posta-foto-com-a-super-lua

O australiano Mark Mathews é um dos principais nomes do surfe de ondas grandes na atualidade. Na última segunda-feira, um post com uma foto sua surfando um tubo enorme com uma lua gigantesca atrás surgiu no Instagram. Teoricamente, a foto foi tirada no dia da super lua, que foi marcada pela maior proximidade do satélite à Terra nos últimos 70 anos.O post foi criado pela página World Surf Lols, que usa o humor para fazer diversas montagens. A foto de Mark, no entanto, andou enganando muita gente. E chegou a ser compartilhada pelo big rider havaiano Garrett MacNamara.Muitos seguidores foram enganados também. Alguns, no entanto, denunciaram a montagem nos comentários.Para realizar essa montagem, a World Surf Lols pegou uma foto de Mark surfando de noite tirada por Robert Gray e uma foto da super lua pelas lentes de Peter King.

Posted in Surfista Posta Foto Com A Super Lua at novembro 23rd, 2016. No Comments.

Câncer em Crianças e Adolescentes, Verdade ou Mentira?

cancer-em-criancas-e-adolescentes-verdade-ou-mentira

Muita coisa se fala sobre o câncer infanto-juvenil: mas o que é verdade ou mentira?
O câncer é uma doença cada vez mais comum, mas sempre é uma grande surpresa e traz medo e dúvidas quando atinge pessoas da nossa família e conhecidos, ainda mais quando envolve crianças e adolescentes. Segundo a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica, SOBOPE, essa é a segunda causa de mortes de crianças no Brasil, e fica atrás apenas dos acidentes.

No Brasil, uma média de 12 mil crianças e adolescentes recebem o diagnóstico da doença anualmente. Apesar de ter uma evolução rápida, a resposta ao tratando também é muito positiva e rápida e 70% destes casos infanto-juvenis tem chances de cura, se forem diagnosticados precocemente.
É comum surgirem muitas dúvidas quando aparece a doença, por isso, a SOBOPE, esclarece sete mitos e verdades relacionados ao câncer em crianças e adolescentes.

1 – O câncer em #criança é igual ao do adulto? Isso é um mito. O câncer mais comum em adultos, como o de pulmão ou mama, tem o nome de carcinoma, que pode vir por estilos de vidas ou mesmo por algum fator ambiental, raramente aparecem em crianças. A doença na forma infanto-juvenil costuma vir de células do momento em que o feto se desenvolvia durante a gestação.
2 – A culpa é dos pais? Isso também é um mito. Ninguém é culpado por uma criança ser diagnosticada com câncer e não existe nada que comprove cientificamente que a forma que se é criado, as atividades ou dietas podem causar essa doença nos mesmos.

3 – O câncer nas crianças é genético? Depende. Pode acontecer de uma criança ser diagnosticada com câncer e alguém da família também já ter tido a doença, mas a maioria acontece ao acaso, pela alteração no gene das células que não se dividem normalmente. Essas mutações podem ocorrer em apenas uma pessoa na família.

4 – O câncer tem cura? Verdade. Em média 70% dos casos da doença, nas crianças e adolescentes diagnosticados precocemente, podem ter a cura e viver uma vida ativa e plena. Com o tratamento certo, a doença pode entrar em remissão e o paciente não apresentar nenhum sinal ou sintoma da mesma e ser considerado curado após 5 anos.
5 – Crianças com câncer podem tomar vacina? Isso depende. Nas crianças que estiverem passando pela quimioterapia, não é indicada a aplicação das vacinas vivas, como a de poliomielite, sarampo, rubéola e febre amarela, devido ao risco de se pegar uma infecção parecida com a natural, visto que a imunidade do paciente está baixa. Já as outras vacinas consideradas não vivas, como a de coqueluche, tétano, hepatite B, pneumococo, e influenza podem ser liberadas de acordo com cada situação particular.

6 – #adolescente em tratamento contra o câncer podem congelar célula reprodutiva? Verdade. Apesar de serem poucos os tratamentos que podem causar a infertilidade, é possível sim que as células reprodutivas sejam congeladas para se ter filho no futuro.
7 – A pessoa com câncer está mais suscetível a infecções? Isso é verdade. Como a pessoa que faz tratamento contra o câncer fica com o sistema imunológico baixo, é mais fácil sim pegar uma infecção e ter mais dificuldade para combatê-lo. #cancer

Posted in Câncer Em Crianças E Adolescentes at novembro 19th, 2016. No Comments.