Faustão vai sair do ar? Verdade ou Mentira?

faustão-vai-sair-do-ar-verdade-ou-mentira

Parece que o nome do apresentador global mais bem sucedido da emissora carioca não para de chamar a atenção para alguns sites que se dizem de notícias. Há meses atrás, um site publicou e usou o Facebook para espalhar, uma informação de uma suposta formula mágica para emagrecer. A repercussão foi tamanhã que o próprio apresentador separou um espaço do seu programa para informar aos telespectadores que tudo não passava de uma grande inverdade, que o mesmo teria procurado outros tratamentos, inclusive com médicos especializados, para conseguir perder alguns quilos.

Atualmente o nome de Faustão tem sido usado para passar uma notícia um pouco fantasiosa, a qual afirma que o mesmo estaria saindo da Rede Globo. O título do link não é bem direto, mas da a entender que Faustão estaria deixando a telinha, e isso fez com quem várias pessoas clicasse no link e dar acesso a um determinado site para atrair tráfego e consequentemente um boa quantia em programas de afiliados que dão lucro pela quantidade de acessos.

É óbvio que Faustão ou nenhum outro está livre de parar sua carreira ou até mesmo trocar de emissora, porém vale salientar que nada oficial foi divulgado ou até mesmo cogitado em sites de credibilidades que têm o foco para TV e celebridades.

Por isso afirmamos que não é verdade que Faustão encerrará sua carreira neste momento ou trocará de emissora.

Posted in Faustão Vai Sair Do Ar? at fevereiro 3rd, 2016. No Comments.

Pescoço de ET? Veja o que é verdade e mentira sobre cuidados da região.

pescoço-de-Et-veja-o-que-é-verdade-e-mentira-sobre-cuidados-da-região

A pele do pescoço precisa de cuidados como limpeza, hidratação e filtro solar tanto quanto qualquer outra área do corpo. Sensível e bastante aparente, merece sempre atenção especial para não ficar com um visual desleixado ou te deixar aparentando mais idade do que a entregue na certidão de nascimento. Para esclarecer algumas dúvidas comuns, o UOL consultou especialistas que cuidam da beleza das famosas. A seguir, veja o que é mito ou verdade.

 
1 Dá para saber a idade pelo pescoço?

 
MITO: Fatores como envelhecimento precoce da pele são comuns, pois o pescoço é uma região que muitas vezes fica esquecida na hora de hidratar e principalmente proteger dos efeitos nocivos do sol. Porém, mantendo cuidados regulares, é possível conseguir uma aparência mais jovem do que a real.

 
2 Pode dispensar o filtro solar?

 
MITO: A exposição e a radiação é a mesma no rosto, pescoço e no colo. O uso do filtro é sempre indispensável, a sombra que o queixo faz é mínima. “A pele do pescoço é ainda mais sensível e desidratada, além de alvo fácil para danos provocados pela exposição ao sol”, explica Flávia Medeiros, esteticista e cosmetóloga que atende as apresentadoras Sabrina Sato e Vera Viel.

 
3 Existe forma correta de aplicar o hidratante?

 
VERDADE: O ideal é aplicar em linha reta, sem fazer movimentos circulares. “A ideia é evitar concentração de produto e consequente irritação da pele“, explica Karla Assed, dermatologista que atende Angélica, Deborah Secco e Claudia Leitte.

 
4 Toalha e esponja devem ser evitadas?

 
VERDADE: Toalhas e esponjas de banho, principalmente as mais ásperas para esfoliação, podem causar ferimentos no pescoço, pois a pele é muito fininha e sensível. Portanto, mantenha-as longe!

 
5 Aos 30 anos já é tarde para cuidar do pescoço?

 
VERDADE: Essa é chocante mesmo. Com 30 anos já fica tarde para cuidar do pescoço, principalmente para quem vai muito à praia. “O quanto antes começarmos a cuidar, melhor será essa região no futuro”, diz Flávia. Assim, não só não esqueça da região na hora de cuidar do rosto, como invista no filtro solar desde sempre!

 
6 Perfume e sabonete deixam mancha?

 
VERDADE: Combinar perfume e sol pode dar pintas e verrugas, e usar sabonete comum todo dia compromete a vitalidade da pele com ressecamento e manchas. Segundo Roseli Siqueira, esteticista e cosmetóloga que atende a atriz Guilhermina Guinle e a modelo Izabel Goulart, o ideal é aplicar óleo natural, que ajuda a devolver os lipídeos necessários e forma uma película protetora.

 
7 Má postura deixa o pescoço com mais rugas?

 
VERDADE: Principalmente ao dormir a postura pode gerar e agravar formões de rugas que começam no pescoço e vão até o colo. Para favorecer a região, o travesseiro precisa ser escolhido a dedo. Outro exemplo é na hora de assistir TV: “ficar no sofá por horas meio deitada e com pescoço enrugado, sem hidratar, dá flacidez”, diz Roseli. Quando quiser curtir a TV por muitas horas, hidrate a pele do pescoço e corrigir a postura. Anotado?

 
8 Ginástica facial ajuda a manter o pescoço mais bonito?

 
VERDADE: A atividade aumenta a oxigenação, a circulação sanguínea e a produção de colágeno. “Exercícios regulares e com acompanhamento são capazes de dar uma esticada na pele do pescoço e uma diferença grande no contorno do rosto”, garante Roseli.

 
9 Tratamentos de alta potência funcionam?

 
VERDADE: Se os cuidados básicos diários foram iniciados tardiamente, é possível fazer tratamentos em clínica. Karla Assed indica três: aplicação de toxina botulínica para melhorar as linhas transversais no pescoço, ultrassom que estimula o colágeno para deixar o pescoço mais firme e microagulhamento com radiofrequência para deixar a pele mais firme. Para Flávia Medeiros, a vacuoterapia para estímulo de colágeno e eletroestimulação na musculatura ajudam a melhorar a aparência do pescoço.

Quando você Deve Mentir ou Falar a Verdade Para o Seu Companheiro?

quando-você-deve-mentir-ou-falar-a-verdade-para-o-seu-compaanheiro

 

Apesar de a sinceridade ser essencial no casal, quando atinge níveis extremos também pode trazer problemas.
Os psicólogos concordam que a sinceridade é um dos principais pilares dos relacionamentos amorosos. Mas, a sinceridade extrema também pode trazer problemas para o casal.
Marianne Dainton, professora na Universidade La Salle, na Filadélfia, realizou dezenas de estudos sobre a comunicação nas relações de casal e explicou, num artigo para o Wall Street Journal, que os casais mais sinceros são, normalmente, os menos felizes.

Como destaca o El Confidencial, gostemos ou não, há mentiras que têm de existir de vez em quando. Que são todas as que dizemos com a intenção de proteger a pessoa de quem gostamos, ou a nós mesmos, de uma situação desfavorável para ambos que surgiria se contássemos a verdade.

Mas como a linha que separa as mentiras piedosas das mentiras mal-intencionadas nem sempre é clara, o El Confidencial falou com especialistas para tentar perceber em que situações é que se pode ou não mentir.

Sobre o que é que se pode mentir? Tudo aquilo que possa aborrecer o nosso parceiro e que não está nas nossas mãos. Como sublinha o psicólogo Esteban Cañamares: “Tudo o que tenha a ver com estética”. Como quando o seu parceiro lhe pergunta se está gordo ou magro ou se tem as pernas mais bonitas que já viu. Mesmo que não seja totalmente verdade é preferível dizer o que a outra pessoa quer ouvir e evitar uma discussão.

O mesmo se aplica quando é apanhado a olhar para alguém que vai a passar na rua, quando questionado, é melhor não admitir que estava a apreciar o corpo ou a beleza de outra pessoa.

Sobre o que é que não se pode mentir? Nunca deve enganar o seu parceiro ou omitir a verdade para esconder alguma coisa que tenha feito ou que não quer que se saiba. Este tipo de mentiras é egoísta e acaba por minar o relacionamento. Nunca deve mentir em relação a vícios, problemas de saúde ou assuntos financeiros.

No que toca à infidelidade o tema é mais complexo. Depende também do relacionamento que tem com o seu parceiro. Mas, geralmente, se teve um caso pontual que não lhe diz nada poderia deixá-lo passar, mas se isso teve algum significado para si, faria bem não ser cobarde e enfrentar o problema.

Acima de tudo, deve procurar tratar os outros como gostaria que o tratassem a si. E isto também se aplica às mentiras e verdades que gostaria ou não de ouvir.

Posted in Mentira at dezembro 17th, 2015. No Comments.

Verdade ou Mentira: “Não Pode Colocar Comida Quente Na Geladeira”

Quantas vezes você já se pegou encarando aquela panela de feijão quente em cima do fogão e refletindo: será que vai azedar se eu deixar aqui? Se colocar na geladeira, agora, estrago o eletrodoméstico ou estrago a comida? Gasta muita energia se eu fizer isso? Oh… e agora, quem poderá nos ajudar?
Dessa vez não, pequeno polegar. Para acabar de vez com estas inquietações, fomos conversar com quem realmente entende do assunto. A engenheira de alimentos e coordenadora do curso de nutrição do Centro Universitário Central Paulista, Cíntia Matiucce, afirma que:
“O MELHOR É GUARDAR A COMIDA AINDA QUENTE.”

Quanto mais tempo você deixar o alimento fora da geladeira, mais chances ele tem de se contaminar. Comida pronta só pode ficar fora de refrigeração por no máximo 2 horas. Em dias muito quentes, esse tempo deve ser de no máximo uma hora.  A maioria dos micro-organismos, inclusive os patogênicos (que causam mal à saúde), se proliferam na faixa da temperatura ambiente. Por isso, não se preocupe, colocar a comida ainda quente na geladeira não vai estragar o rango. Pelo contrário.

E QUAL A MELHOR FORMA DE ARMAZENAR OS ALIMENTOS REFRIGERADOS?

verdade-ou-mentira-não-pode-colocar-comida-quente-na-geladeira-01

Segundo a especialista, a melhor coisa é dividir em pequenas porções, garantindo que o alimento pronto refrigere mais rápido. O ideal seria tirar a comida da panela onde foi preparada e acondicionar em potes de vidro que devem ser adequadamente fechados. O site da Super Interessante ainda alerta, é melhor evitar panelas de ferro, principalmente sem tampa. Se a comida tiver amido (arroz, feijão, batata,…) ela pode gelatinar, por conta da perda excessiva de umidade. E o ferro (ou alumínio) transfere elementos de sua composição para o alimento, quando estocados, podendo gerar contaminação.
O OUTRO LADO DA MOEDA

verdade-ou-mentira-não-pode-colocar-comida-quente-na-geladeira-02

Se você é daqueles que lê manuais de instruções, já reparou que no da sua geladeira vem a recomendação de não colocar alimentos e bebidas quentes dentro dela para evitar um consumo maior de energia. Mas não se preocupe, não estamos falando de “milhões” a mais. Os centavos extras na conta de luz vão depender, é claro, da sua geladeira (as mais antigas tendem a gastar mais energia), uma boa dica é ficar atento na hora da compra e sempre optar pelos modelos com selo PROCEL (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica) A e B, que são mais econômicos.

Posted in Saúde at novembro 26th, 2015. No Comments.

Manteiga de amendoim: é saudável ou engorda? Verdade ou Mentira?

manteiga-de-amendoim-e-saudavel-ou-engorda-verdade-ou-mentira

 

A manteiga de amendoim é uma pasta densa feita de amendoim, gorduras, açúcar e sal, ingredientes suficientes para deixar qualquer pessoa desconfiada. Mas a verdade é que manteiga de amendoim não é uma entidade única e imutável, e a composição do interior dos frascos pode mudar radicalmente de uma marca para outra. O importante é perceber se a manteiga que está a comprar é “industrializada, carregada de açúcar e conservantes”, ou não, porque é isso que pode tornar um produto saudável num muito mau.
O problema está na “forma como normalmente nos é vendida a manteiga e amendoim”, explica Alice Couto, nutricionista do Holmes Place, que falou com a NiT. “Se olharmos para os rótulos dos frascos verificamos que não é só amendoim e sal que fazem parte da lista de ingredientes. São acrescentados açúcares, gorduras trans, que são as más, e sal em demasia”. Este tipo de pasta de amendoim faz-lhe ganhar gordura localizada e promove o aumento de peso.

Agora, se optarmos por uma opção caseira, ou de uma loja biológica, então a coisa muda radicalmente, porque esta manteiga de amendoim, a saudável, “é rica em gorduras boas, que são as monoinsaturadas e polinsaturadas”, explica a nutricionista. “São estas gorduras que permitem baixar o colesterol LDL, que é o mau, e prevenir o risco de doenças cardiovasculares”, acrescenta. Além disso, esta manteiga é muito rica em proteína, hidratos de carbono complexos, vitaminas e antioxidantes.
Mas há uma característica presente em qualquer manteiga de amendoim: todas são muito calóricas, logo, se não forem ingeridas na forma e altura certas podem significar um aporte calórico exagerado, que leva a um aumento de peso. Isto acontece porque o amendoim é uma oleaginosa, que tem muita gordura.”

Por isso, o importante é saber como usar este produto —”nunca em pão branco” — e apenas duas colheres de sopa por dia, tendo em conta que “cerca de 60 gramas, que equivalem a três colheres de sopa, tem 340 calorias”.

A melhor altura para se comer manteiga de amendoim é antes ou depois do treino, porque fornece muita energia, mas também “como complemento de uma refeição, ou para saciar a vontade de comer doces, sendo que o ideal é consumir apenas umas colher em pão integral, ou pura”. Para quem quer ganhar peso, o ideal é comer uma colher de pasta de amendoim “a cada refeição ao longo do dia, incluindo na pré-treino e ceia antes de dormir”, conta Alice Couto.
Para saber as principais vantagens e conhecer a receita caseira de manteiga de amendoim de Alice Couto, carregue na imagem acima.

Posted in Manteiga De Amendoim E Saudável Ou Engorda at novembro 19th, 2015. No Comments.

Neosoro: Verdades e Mentiras.

O Neosoro, assim como outros descongestionantes nasais, são remédios adorados por algumas pessoas e visto com maus olhos por outras. Esse tipo de medicação é bastante conhecida entre os portadores de doenças respiratórias das vias superiores, como a rinite alérgica, e é cercado de vários boatos. Esclareça as principais dúvidas sobre o assunto e conheça os mitos e verdades sobre o Neosoro.

neosoro-verdades-e-mentiras-imagem-01
O Neosoro ajuda a dissolver o catarro:
Mito. Diferente do que a maioria das pessoas pensa o nariz não entope pelo excesso de secreção acumulada, e por isso simplesmente assuar o nariz não é uma medida capaz de solucionar o problema. O fato é que o processo inflamatório da alergia, resfriado ou gripe é capaz de provocar uma dilatação dos vasos sanguíneos que irrigam a mucosa nasal, resultando em um inchaço, que provoca obstrução do fluxo de ar. Esse é um processo natural que funciona como forma de defesa, para que o organismo seja capaz de eliminar todos os germes causadores do problema.

Os descongestionantes simulam a ação da adrenalina:
Verdade. Os descongestionantes possuem substâncias que atuam de maneira muito semelhante à adrenalina, mas a um nível local, com mínimos efeitos sistêmicos. Esse fármaco atua provocando a contração dos vasos sanguíneos do nariz, desobstruindo quase que instantaneamente a via respiratória.

neosoro-verdades-e-mentiras-imagem-02

O Neosoro vicia?
Mito. O vício é algo completamente diferente e que não acontece com o Neosoro. Na verdade o que ocorre é que, com o uso frequente do produto, a musculatura dos vasos vai deixando de responder ao medicamento, sendo necessário o uso de doses cada vez maiores para se obter o mesmo efeito. Essa dependência do medicamento recebe o nome de “rinite medicamentosa”, mas não chega a ser considerada um vício.
O uso prolongado de Neosoro faz mal à saúde:
Verdade. Se utilizado por mais de 3 dias consecutivos, a mucosa nasal, que inicialmente não absorve o fármaco deixando seus efeitos limitados à região utilizada, passa a absorvê-lo cada vez mais. O resultado é que o remédio acaba indo parar na corrente sanguínea, podendo provocar uma série de problemas à distância, como aumento da frequência cardíaca e da contração dos vasos sanguíneos, levando à hipertensão arterial e sobrecarga cardíaca.

neosoro-verdades-e-mentiras-imagem-03
Apesar de ser um dos remédios mais consumidos no Brasil e aparentemente inocente, o Neosoro, bem como outros descongestionantes nasais com vasoconstritor, devem ser usados com cautela e podem ter efeito maléfico se as recomendações médicas não forem seguidas à risca. Apesar de não viciar, esse remédio é capaz de causar uma dependência, uma vez que serão necessárias doses cada vez maiores para respirar com alívio.

Posted in Saúde at novembro 13th, 2015. No Comments.

Lula saiu na capa da Forbes e é um dos homens mais ricos do Brasil. Verdade ou Mentira?

lula-saiu-na-capa-da-forbes-e-é-um-dos-homens-mais-ricos-do-brasil-verdade-ou-mentira

Uma falsa capa da Forbes, revista norte-americana de economia e negócios, circula há alguns anos pela internet. Ela mostra Lula como principal personagem do ranking dos homens e mulheres mais ricos do mundo, elaborado todos os anos pela revista.

Para começar, trata-se de uma montagem grosseira. Uma simples busca nos arquivos da publicação comprova que a tal capa nunca existiu. Mesmo assim, o boato se espalhou tanto que a própria Forbes fez questão de publicar um desmentido, em 2013. O nome de Lula jamais constou do ranking anual de bilionários dessa ou de qualquer outra revista, pela simples razão que Lula não é e jamais foi bilionário.

Pirlo no Palmeiras: verdade ou mentira? Veja o que sabemos até agora.

NATAL, BRAZIL - JUNE 24: Andrea Pirlo of Italy looks on during the 2014 FIFA World Cup Brazil Group D match between Italy and Uruguay at Estadio das Dunas on June 24, 2014 in Natal, Brazil. (Photo by Matthias Hangst/Getty Images)

Desde o último sábado, circula na internet um rumor de que o italiano Andrea Pirlo pode pintar no Palmeiras. Entre empolgação de torcedores, informações desencontradas e poucas confirmações, veja o que já sabemos sobre a possível contratação até aqui:
– Todos os veículos que repercutiram o rumor da negociação dão como crédito uma suposta notícia dada pelo jornal Orlando Sentinel, dos Estados Unidos.

Em meio à especulação, palmeirenses “invadem” instagram de Pirlo:

– Apesar de ter servido como base para as notícias aqui no Brasil, a publicação no Orlando Sentinel também não foi confirmada e teria sido veiculada apenas na versão impressa do jornal, pois não consta no site.– De acordo com a repercussão da notícia pelo jornalista Renato Maurício Prado, no canal Fox Sports, a chegada do veterano italiano, atualmente com 36 anos, poderia ser um “presente” da Crefisa ao clube. A patrocinadora do Verdão pretende investir bastante no plantel visando formar um time campeão em 2016.

– O portal italiano Fanta Gazzetta também repercutiu a notícia, destacando, no entanto, que Pirlo e New York City possuem contrato firmado por um ano e meio, com um acordo financeiro que gira em torno de 10 milhões de euros por temporada, valor, este, que pode ser um grande entrave para o italiano vestir as cores do Palmeiras no ano que vem.

– Durante a Copa do Mundo de 2014, o jogador italiano já tinha manifestado interesse em jogar por um time brasileiro para poder disputar torneios diferentes.

– Esta não é a primeira vez que Pirlo é especulado no Palmeiras: em janeiro de 2014, a Fox Sports já havia repercutido uma informação do portal italiano Gianluco dimarzio.com, que dizia que o clube paulista tinha proposta para Pirlo e Luca Toni.

Posted in Jogador Pirlo No Palmeiras at novembro 3rd, 2015. No Comments.

Verdade ou mentira? Whatsapp vai avisar quando conversas forem “printadas”

 

verdade-ou-mentira-watsapp-vai-avisar-quando-conversas-forem-printadas

A nova funcionalidade não foi confirmada pelo Facebook, responsável pelo WhatsApp. Além disso, não existem indícios de que a função faz parte dos planos da empresa. A notícia de que o aplicativo WhatsApp avisaria quando as mensagens fossem ‘printadas‘ assustou os brasileiros nesta terça-feira (28). Mas a história não passa de um boato, como afirma o site Canal Tech.

De acordo com a publicação, a nova funcionalidade não foi confirmada pelo Facebook, responsável pelo WhatsApp. Além disso, não existem indícios de que a função faz parte dos planos da empresa.

Se a notícia fosse verdade, o WhatsApp iria funcionar de forma semelhante ao SnapChat, que avisa quando as publicações são ‘printadas’. Com isso, o WhatsApp notificaria seus usuários quando as conversas particulares ou em grupo fossem capturadas.

Posted in Novidades No Watsapp at outubro 30th, 2015. No Comments.

7 passos para ensinar o seu filho a dizer a verdade.

 

sete-passos-para-ensinar-o-seu-filho-a-dizer-a-verdade

O seu filho já está na idade do Pinóquio e não sabe o que fazer? Já prega algumas mentirinhas? Descubra quais os passos para incentivá-lo a dizer a verdade, confirmados por uma especialista.
Já se deve ter perguntado, muitas vezes, porque é que a determinada altura, os seus filhos, ainda pequenos, começam a contar mentiras. A idade do Pinóquio chega a todos, uns mais cedo que outros é verdade, mas é possível contornar a situação.  O Observador falou com uma coach parental, com formação académica em Psicologia, Sociologia e Gestão. Cristina Nogueira da Fonseca, mentora do projeto Famílias Felizes, percorre o país com vários workshop e sessões de coaching para os pais (e filhos). Com ela vamos perceber o porquê das crianças mentirem, sugerindo alguns passos para incentivá-las a dizer a verdade.
Por que é que as crianças mentem?

As crianças, tal como em tudo o resto, aprendem a mentir. Porquê? A coach parental Cristina Fonseca responde. Segundo a maior parte dos estudos, as crianças começam a dizer as suas primeiras mentiras por volta dos 3 anos, altura em que “começam a perceber que os adultos não são leitores da mente, nem têm bolas de cristal. Por isso podem começar a dar falsas verdades para se retirarem de situações que sentem poder trazer-lhes consequências negativas ou experiências desagradáveis”. As crianças começam a mentir, portanto, à medida que vão desenvolvendo as suas capacidades cognitivas e amadurecem as suas competências sociais. Não se preocupe porque todas mentem e o melhor mesmo é ensinar-lhes o caminho da honestidade. Cristina Fonseca realça que o mais importante é tentar perceber porque é que os filhos sentem necessidade de mentir, não esquecendo nunca que as crianças apreendem o código moral que é desenvolvido com e pela família e que mentem exatamente pelos mesmos motivos que os adultos.

Mas quais são os principais motivos das mentiras entre os mais pequenos?

A coach parental revela que, a maioria das vezes, as crianças mentem por impulso e dá um exemplo claro de uma situação em que isso pode acontecer. Quando alguém lhes pergunta com um tom abrasivo “fizeste isso?”, nesse momento as crianças têm tendência a dar a resposta que sabem que mais facilmente as retirará daquela situação, mentem por medo, medo dos gritos e das consequências, algumas físicas até, das pimentas na língua às palmadas, mentem para evitar fazerem coisas que não querem.” As crianças aprendem também pela imitação e pela observação constante daquilo que os pais fazem e dizem. Contudo, existem alguns truques importantes que o podem ajudar a gerir as mentiras dos seus filhos e, sobretudo, ensiná-los a dizer a verdade.Os 7 passos para incentivar os filhos a dizer a verdade

Evite os rótulos:

“Mentiroso”, “aldrabão” ou “troca-tintas”. Alguma vez se sentiu tentado a chamar ao seu filho algum destes rótulos? Se sim, Cristina Fonseca aconselha a não voltar a fazer isso e explica que as crianças vivem muito segundo os rótulos que lhes são atribuídos. Rotular o seu filho de mentiroso irá colocar sobre ele uma pressão negativa, podendo inibi-lo de tentar fazer diferente. As consequências podem mesmo ser negativas. Rotular uma criança é limitar-lhe todo o seu potencial de capacidades, se lhe dissermos que é má, não há lugar para ser boa, se lhe dissermos que é mentirosa, não há lugar para ser honesta. Os rótulos dizem às crianças o que pensamos que elas são e poderá ser terrível se elas começarem a acreditar em nós, sobretudo se não conseguirmos ver para além do que nos dá chatice.”  Por isso já sabe, seja cauteloso na escolha das palavras e lembre-se que nas idades mais tenras tudo se trata de um processo de aprendizagem.

Mantenha a calma,Gritar é a sua primeira reação?

Não vale a pena. Claro que ficará irritado, mas não pense que manter a calma significará que a sua preocupação é menor. Cristina Fonseca explica que manter a calma o ajuda a gerir os seus filhos aos invés de ser gerido por eles e acrescenta: Pense que o seu filho ainda está a aprender, se quando uma criança mente, partirmos logo para os gritos e para o castigo, estamos a perder uma excelente oportunidade para nos conectarmos e para fazermos daquele “erro” um momento de aprendizagem.” Os castigos, embora façam sentido em determinadas ocasiões, também podem provocar o medo e inibir o seu filho de dizer a verdade. “Os castigos vão manter e provavelmente aumentar as mentiras. As crianças vão fazer tudo o que conseguirem para fugirem das situações de desconforto e vão usar cada vez mais mentiras táticas, ou seja, se mentir, não vão retirar-me coisas, não vão gritar comigo, não vão enviar-me para o castigo”, afirma Cristina Fonseca.

Nada de ratoeiras:

Sabe que foi o seu filho a atirar o vaso ao chão e ainda assim pergunta-lhe “Foste tu que fizeste isso?”. Pois saiba que essa é uma das piores técnicas. A coach parental explica que fazer este tipo de perguntas (para as quais já tem uma resposta) é estar a criar rasteiras, dando-lhes nova oportunidade para mentir. Cristina Fonseca aconselha: “Diga claramente ao seu filho o que o viu a fazer, ao invés de lhe perguntar “fizeste isto ou aquilo” ou “o que é que tu fizeste?” Se eu tenho um vaso partido, se eu tenho a certeza absoluta que foi partido pelo meu filho, eu não lhe vou perguntar num tom irritado “Tu partiste o vaso?”. As crianças vão dizer tudo o que puderem para se voltarem a sentir seguras, para que aquele tom de voz desapareça. Evitar ratoeiras é precisamente isso, encarar o facto e comunicá-lo não dando espaço para que a criança sinta necessidade ou tenha espaço para mentir”, acrescenta.
Utilizar ratoeiras é estar a enganar o seu filho e dar espaço para que minta novamente.

Construa oportunidades:

Crie espaço e momentos para que ela possa dizer a verdade, mas nada de pressões, aconselha Cristina Fonseca, que explica ainda que é importante que as crianças aprendam que é possível cometer erros mas também corrigi-los,coach parental também consegue explicar o porquê de isso acontecer. Os pais acabam na maioria das vezes a gerir as suas próprias emoções, mais do que a resolver o motivo da mentira, preocupam-se no imediato em gerir a mágoa, o desconforto e a irritação que sentem quando as crianças mentem. Infelizmente, há uma tendência para gerirmos a nossa dor fazendo questão de demonstrar ao outro o quanto nos magoou.” É importante que saiba agradecer ao seu filho, diga a verdade. Ele compreenderá assim que aquela é a atitude certa a tomar.

Cultive a confiança:

Os filhos mentem, os pais mentem, no final todos mentimos, por isso é bom que seja o primeiro a dar o exemplo. Cristina Fonseca alerta para o facto de as crianças ouvirem tudo e serem muito boas a encontrar as nossas incoerências pelo que ” dizer ao seu filho que mentir é feio é muito mais coerente e tem muito mais impacto se efetivamente o seu filho puder confiar em todas as suas palavras”.

A coach parental dá exemplos claros de situações em que pode estar a mentir ao seu filho.

Se dizemos ao nosso filho que “logo brincamos” ou “no próximo fim de semana fazemos isso” quando na realidade não temos intenção, não significa que estamos a mentir também? As crianças aprendem a confiar, sentindo que os outros à sua volta são de confiança.”
Atenção às incongruências:

É importante ensinar os seus filhos a dizer a verdade, mas preste bem atenção àquilo que lhes transmite. Cristina Fonseca aconselha-o a pensar neste exemplo: “Se a senhora te perguntar, dizes que ainda tens 8 anos para continuarmos a pagar o bilhete infantil”. Parece-lhe familiar? Certamente que sim e isto remete-nos para as tais incongruências. A coach parental relembra que ao dizermos esse tipo de coisas “perdemos alguma legitimidade em fazer passar a premissa familiar da “honestidade acima de tudo”, e passamos a mensagem que mentir até é aceitável, desde que para nosso proveito”. Contudo há outro tipo de situações, mais complexas, que também são importantes. Imagine esta situação: uma mãe diz ao filho que deve sempre aceitar e agradecer um presente. A tia oferece-lhe um presente que é feio, mas a criança faz o que a mãe lhe ensinou e diz que é bonito e que gostou muito (mas está a mentir). Este exemplo levanta outras questões: como explicar à criança esta situação? Que há tipos de mentiras aceitáveis? A coach parental dá uma ajuda. Há efetivamente vários tipos de mentiras, mas as que mais utilizamos são as que servem para evitar danos nos outros, que até catalogamos como mentiras inofensivas e, depois, as que servem para evitar os nossos próprios danos. Talvez uma seja mais legítima ou aceite que a outra, mas na realidade continuam ambas a ser mentira. Creio que cada família tem a sua tabela de moralidade e decidirá o que será mais correto para o bem-estar da família”

Cultive a responsabilidade:

É necessário que explique ao seu filho a importância das palavras e dos argumentos, bem como o seu efeito nas outras pessoas. Explicar-lhe que será responsável pelas consequências da mentira, que isso pode também afetar as suas relações e que não estará sempre lá para lhe ensinar que a verdade é o caminho que ele deve escolher. Segundo Cristina Nogueira da Fonseca, deve evitar pensar que deve controlar o seu filho apenas para que ele não faça asneiras. É importante que confie e lhe dê espaço, também, para cometer o erro. É essencial alertá-lo para o facto de mentir ser feio, mas mais ainda para os benefícios de dizer a verdade e ser honesto e dar-lhe alguma responsabilidade para que ele possa geri-la. A idade do Pinóquio não é realmente fácil, até porque as crianças começam nessa altura a saber separar os contos de fadas da realidade, contudo, vale a pena tentar colocar algumas destas dicas em prática.Ah! E não se esqueça, não diga ao seu filho que se ele mentir o nariz dele vai crescer. Não caia, mais uma vez, nas ratoeiras da mentira.