Dentes – Mitos e verdades sobre o tratamento de canal

Quando o assunto é tratamento odontológico quase sempre a reação provocada é medo. Esse receio já faz parte da história da odontologia e não é diferente quando o problema é tratamento de canal. Tecnicamente nomeada de Endodontia, a especialidade é uma das mais procuradas na atualidade. O tratamento de canal é necessário quando a polpa dentária é atingida e geralmente acontece quando existe processo avançado de cárie. Problemas dentários repetidos, trincas e fraturas também podem ocasionar danos à polpa dentária. O procedimento consiste na remoção da polpa, composta por nervos e vasos presentes no interior do dente, e sua substituição por uma pasta obturadora compatível, em dentes de leite, e por cones de um material chamado guta percha (semelhante à borracha) em dentes permanentes.

O método pode salvar muitos dentes que no passado eram condenados à extração. “Esse procedimento pode ser rápido, principalmente se o dente não estiver infectado, ou seja, sem a presença de bactérias no local. Já quando existe pus, hemorragia ou tumefação, os tratamentos podem durar duas ou mais consultas”, explica o Dr. Thiago Vitelli Vasco dos Santos, especialista em Endodontia da Odontoclinic.


A cárie dentária é a principal causa do problema, que nos casos agudos provoca dor incessante, mesmo com o uso de analgésicos.

Principais sintomas

Diversos são os sinais que podem indicar a presença de problemas endodônticos. Esses indícios geralmente são acompanhados de dor persistente, que pode ser espontânea ou ocasionada por estímulos (como, por exemplo, ao beber água gelada). Essa dor geralmente não cessa nem com o uso de analgésicos. Dificuldade de mastigação e sensação de aumento da pressão dentro do dente também são sintomas comuns. No entanto, casos em que a pessoa convive com o problema sem nenhum sintoma aparente também existem, sendo necessária a realização de radiografias para detectar o problema.

A ausência de tratamento pode levar a dores no local, inchaços, abscessos, problemas sistêmicos e até a perda do dente. “Muitas são as justificativas que impedem as pessoas de procurar o tratamento adequado. O medo de sentir dor faz com que a pessoa opte pela extração do que por tratar o canal em dentes que poderiam facilmente ser salvos. É uma pena”, completa o especialista da Odontoclinic.

Tratamento – Com o uso de anestesia o tratamento de canal é, na maioria dos casos, indolor. Pode haver certo desconforto, o que é normal em um tratamento endodontico, pela neces

sidade de manter a boca aberta por um longo período de tempo. É feito em várias etapas, dependendo do caso. Primeiramente, é realizada a abertura no dente e, em seguida, é feita a remoção da polpa inflamada (pulpectomia). O espaço pulpar e os canais são esvaziados, alargados e limados, em preparação para o seu preenchimento com cones biocompativeis chamado de guta-percha. “Em caso de dentes infeccionados é realizado um procedimento chamado de penetração desinfectante, onde visa eliminar os microorganismos, dentro do canal com uso de hipoclorito de sódio, sendo em seguida realizado o alargamento e a limagem dos canais. Nos casos em que se faz necessária mais do que uma visita, é colocada uma restauração temporária na abertura da coroa, a fim de proteger o dente no intervalo das visitas”, explica Dr. Thiago Vitelli Vasco dos Santos.

O passo seguinte é o preenchimento permanente da cavidade da polpa e canal. Um material em forma de cone (flexível) é inserido em cada um dos canais e geralmente selado em posição com um cimento apropriado. Em alguns casos um pino de fibra de vidro ou metal é colocado no canal para se conseguir maior resistência. Somente são colocados pinos metalicos ou de fibra de vidro, se ha necessidade ou indicação de realizar protese sobre o elemento. A etapa final consiste na colocação de uma coroa sobre o dente para lhe conferir uma aparência natural.

Como evitar – De acordo com o especialista, o principal fator que leva ao tratamento de canal é a presença de processos avançados de cáries. Por isso a importância de uma boa assepsia bucal. “Por natureza, a boca humana abriga cerca de 560 espécies de microorganismos, mas com uma boa higiene eles não chegam a incomodar. Já a má escovação faz com que esses microorganismos se multipliquem causando cáries e placa dentária”, ressalta o especialista. É fundamental a escovação dos dentes três vezes ao dia usando um creme dental com flúor para remoção da placa bacteriana. Esse cuidado, além de evitar cáries também evita outros problemas como a gengivite. Usar fio dental diariamente também é importante para remover a placa bacteriana que se instala entre os dentes e sob a gengiva. Quando a placa não é retirada ela endurece e dá origem ao tártaro, ou cálculo dental, este só pode ser removido pelo dentista.

O especialista em Endodontia da Odontoclinic, Dr. Thiago Vitelli Vasco dos Santos, destaca abaixo alguns mitos e esclarece verdades sobre tratamentos de canal:

Mito: Tratamento de canal enfraquece os dentes.

Verdade: O dente que foi submetido ao tratamento de canal é considerado desvitalizado, o paciente nunca mais deve sentir dor ou sensibilidade ao quente e frio neste elemento.

Verdade: O tratamento de canal consiste na remoção da polpa dental, uma estrutura viva que contém, entre outros elementos, nervos e vasos sangüíneos. No entanto, externamente, o dente é envolvido pelos ligamentos periodontais, um ligamento vivo que permite que o dente continue a executar suas funções sem nenhuma perda ou dano.

Verdade: O dente que necessita de um tratamento de canal se encontra enfraquecido pela perda da estrutura dental, causada, geralmente, pela cárie profunda.

Mito: Para o tratamento de canal são necessários muitos dias.

Verdade: O tratamento de canal pode ser realizado em poucas consultas, principalmente se o dente não estiver infectado, ou seja, sem a presença de bactérias no local. Quando existe presença de pus, hemorragia ou tumefação, os tratamentos exigem maior número de consultas.

Sobre a Odontoclinic – Fundada em 1997, a Odontoclinic é a maior rede de franquias de odontologia em atuação no País. Em 2002, adotou o sistema de franchising – atualmente conta com 140 franquias e quatro unidades próprias. A projeção é de totalizar 500 clínicas em todo o Brasil até 2016. A companhia conta com todos os tipos de tratamentos na área da Odontologia, como Ortodontia, Clínica Geral, Endodontia, Periodontia, Cirurgia Oral Menor, Odontopediatria, Prótese e Implante.

Posted in Mentira, Mentiras, Mitos, Verdade, Verdades by Verdade e Mentira at março 21st, 2012.
Tags: , , , , , , ,

21 Responses to “Dentes – Mitos e verdades sobre o tratamento de canal”

  1. Bia disse:

    Ai , me tranquilizou , tenho 13 anos e o buraco no meu dente está muito grande , e parece que tenho que fazer canal .. na verdade estou com medo mas coloquei na cabeça que fui eu que procurei isso ..
    Obrigada gente , vcs me ajudaram
    Bjs
    Bia

  2. Gabriella disse:

    Olá,
    Tenho 20 anos e há mais de 8 anos eu numa aula de educação física da minha escola eu cai e quebrei uma partezinha do meu dente. No agora no meio dessa semana meu dente começou a doer, se eu comesse algo quente não aguentava de dor, o que aliviava era algo gelado. Fui ao dentista nesta sexta e descobri que por conta deste episódio na minha infância o meu dente está inflamado e terei que fazer canal.
    Nem sabia o que era isso, sabia que era algo ligado com cárie, mais nunca imaginava que uma batida estaria ligada a isso.

  3. suzane disse:

    Olá, há mais ou menos 4 anos atraz fiz um canal e agora comecei a sentir um desconforto no dente. como li que dente com canal não doí mais gostaria de saber o que está acontecendo e o que devo fazer. Obrigada!

  4. Fernanda disse:

    Fiquei mais tranquila ao ler as informacoes no seu website.
    Eu estou com dor de dente. Fui ao dentista, ela tirou varios raios X e disse que ainda nao tem certeza qual o dente afetado e tudo indica que pode ser canal. Ela receitou alguns remedios e disse que temos que esperar , pois para ter certeza se eh canal o nervo precisa inchar e as vezes demora para isso acontecer e confirmar que eh canal pelo Raio X, faz sentido isso ? A dor que sinto eh no dente de baixo e ela comentou que se for canal ela acredita que seja no dente de cima, pois esse dente eh que tem a carie maior ( tratada no passado). No Raio X mostrou tbem que as 2 caries no dente de baixo e de cima, nao estao tao perto do nervo. Gostaria de alguma opiniao por favor. Estou rezando para nao ser canal :-) Agradeco desde ja. Atenciosamente.

  5. kelly disse:

    Olá por favor eu gostaria de saber porque eu estou sentindo dor durante o tratamento de canal já que eu tomei remédio para infecção e tinha melhorado e também minha gengiva esta inchada e muito dolorida e quando tinha tomado antibiotico havia melhorado e voltou a doer muito e dar pressão dentro do dente. Será que pode ser os instrumentos que não estão sendo bem esterilizado. E minha medica disse para tomar antinflamatorio chamado nissulid mas não esta adiantando pois já tomei por três vezes.

  6. O meu dentista fez em torno de 10 a 12 raio x em meu dente pra fazer um canal sera que faz mau a minha saúde ???

  7. Márcio disse:

    Estou querendo trocar as coroas dos meus dentes por causa da estética, O protesista me encaminhou par o endodontista e eu tenho 8 dentes com canais já realizados há mais de 20 anos. Não sinto nada, dor alguma. O endodontista esta querendo fazer retratamento posterior destes 8 canais para instalação de pino, outros para retirada de retentor intracanal. Estou com muitas dúvidas com relação a isso. Gostaria de saber a sua opinião

  8. andressa disse:

    É verdade que como tempo o dente fica escuro?

  9. valeria lara disse:

    fiz tratamento de canal mas sinto uma dor no dente e sensibilidade queria saber se e normal e se devo ir no dentista e fazer mais uma seçao de tratamento de canal.

  10. lia benevenga disse:

    Fui na dentista depois do Dia das mães, 13/06. Meu dente não doia, mas comendo pipoca, saiu um pedaço(caiu). É o ultimo dente de baixo, (não tenho cisos, extraí todos). Bem, a dentista; tirou Raio-x ,limpou e colocou um remédio, fechou com massa temporária; e disse que tenho de esperar 2 meses.
    Minha próxima consulta será dia 15 de julho, para ver se será tratamento de canal ou não… Será que tá certo esperar tanto.??? Meu dente logo doeu, agora não dói nada mais. ???

  11. Rosana disse:

    Olá tenho 14 anos i os dentes da frente de cima permante um está com carie i o outro não eles nn são juntos aconteçe que o outro está doendo muito i inchou a boca choro com a dor o dentista passou remedio e disse que eu teria que fazer um canal ou ia perde o dente :( #medo# mas o que tá aconteçendo é que o dente que tá doendo está ficando maior que os outros como se estivesse indo embora estou com muito medo será que ele tá caindo aos poucos ? eu sinto tbm ele latejando a raiz , isso é o resultado de dente inflamado me fale pfv o que é isso estou mt apavorada :S!!

  12. isabely disse:

    eu tenho 11 anos e estou fazendo um canal no dente la atras so que eu vou hoje ao detista para fechar a primeira raiz e o dente que eu to fazendo o canal tem 3 raizes tem perigo de quebrar daqui a uns anos ne qulquer coisa mande um email para min

  13. isabely disse:

    e estar doendo quando a dentista bota as agulhas

  14. alison júnior disse:

    No meu primeiro Dia de tratamento. Minha dentista disse que tive muita sorte ao nao sentir dor
    Oque ela quis dizer com isso

  15. Marta disse:

    ha dias o meu namorado deu me uma cabeçada sem querer nos dentes da frente agora sinto q abanam ligeiramente e parece que sinto a gengiva pisada sera q vou ter de fazer tratamento do canal ?

  16. Josy disse:

    Olá, tenho um canal há uns 3 anos, e já fiz clareamento uma vez, e agora ele está escuro novamente, e fui verificar se posso fazer uma faceta, e o meu dentista disse que ele está passando por processo de absorção pelo organismo, pois ele está um pouco mole. Gostaria de saber se isso é possível, um dente passar por esse processo?

    Obg

  17. jaqueline disse:

    fiz tratamento de canal a um mês mas bebê me deu uma cabeçada ontem.
    e hoje a gengiva amanheceu inchado estou com medo que ele inflame de novo

  18. Matheus disse:

    Olá meu nome é Matheus e há algum tempo a obturação do meu dente caiu e sem com que me preocupasse deixei meu dente da maneira que estava, ficando exposto a bactérias e a micro organismos.
    Porem depois de cerca de 1 a 2 anos meu dente veio a doer e tive a notícia que teria que fazer um canal. Confesso que foi incomodo e dolorido pelo fato do meu dente estar exposto a um bom tempo, mas acredito que o resultado tenha sido excelente.
    Procurei um site para poder entender melhor um tratamento de canal e pude entender de fato do que se trata e como prevenir para que isso não ocorra novamente.

  19. tamiris disse:

    eu tenho um canal faz 3 anos , e agora comecei a sentir dor, o que posso fazer, quando o dia de ir no dentista não chega

  20. Helena Maria disse:

    Tenho muito trauma de tratamento de canal, já fiz um tratamento que foi muito dolorido e esse final de semana outro dente começou a doer passei sábado e domingo com muita dor tomando analgésico. Ontem segunda feira fui na dentista era canal ela aplicou anestesia e começou abrir até ai tudo bem, mas qdo chegou no canal ave Maria ela começou aplicar anestesia dentro do canal gente eu gritei muito foi pior que dor de parto fiquei horrorizada com tanta dor. Por favor me ajude será que não tem um método mais indolor agora vou ficar uma semana com curativo e voltar na próxima segunda para continuar porque ela não tirou tdo nervo, estou apavorada.

  21. Anonimo disse:

    Pelo amor, fujam da Odontoclinic!
    PÉSSIMA CLÍNICA, ESTOU COM UMA CÁRIE PROFUNDA DEVIDO A FALTA DE PROFISSIONALISMO DELES, ENTREI COM OS DENTES BONS LÁ A ANOS ATRÁS E AGORA POR ERRO DELES ESTOU COM CÁRIES PROFUNDA

Leave a Reply

* (Obrigatório)