Uma jovem de 16 anos foi engolida por uma cobra em Mato Grosso? Verdade Ou Mentira?

Será que as fotos que mostram uma moça dentro de uma cobra são reais? Será que ela foi engolida por uma cobra no estado do Mato Grosso?

A notícia trágica, acompanhada de fotos, apareceu com força nas redes sociais na segunda quinzena de fevereiro de 2017. De acordo com o texto, a jovem de apenas 16 anos de idade teria sido comida por uma enorme sucuri!!!

Juntamente com o texto, algumas fotos mostram a cobra gigante e de “barriga cheia” com a refeição. Além dessa fotografia, outras mostram a vítima toda ensanguentada e, aparentemente, morta!

Será que essa história é real?


Verdade ou Mentira?
Em primeiro lugar, onde e quando o fato teria ocorrido?

Uma busca por esse assunto na web e descobrimos que essa mesma cobra teria engolido uma jovem de 16 anos em Goiás, na Bahia, no Pantanal Mato-grossense e em diversas cidades do Mato Grosso. Também há rumores de que essa pobre e azarada garota tenha sido “comida” por uma cobra (uma píton, nessa versão) na Malásia.

Esse artigo do BuzzFeed mostra que essa história de que uma cobra comeu uma pessoa não é recente e circula há anos pela web. Curioso notar que lá (assim como aqui) em cada versão o fato teria ocorrido em um país diferente!

O site de língua inglesa Hoax Slayer, especialista em investigar histórias falsas na web, explica que – apesar de não saber a origem dessa imagem – pode atestar que é impossível para uma cobra desse porte engolir um ser humano. Provavelmente, a fotografia seria de uma cobra que teria acabado de comer um servo ou um bezerro.

Nesse outro site é explicado que, apesar dos moradores locais não abrirem o bicho (ainda bem, né?), era certeza que ela havia comido um porco!
Além disso, não se sabe quando essa terrível fatalidade teria ocorrido.

Em dezembro de 2013, por exemplo, um canal do YouTube publicou uma notícia falsa sobre um homem bêbado que teria desmaiado na frente de um bar e acabou sendo devorado por uma cobra! Adivinhe só qual foi a imagem usado no vídeo?

Obs: O vídeo já tem mais de 8 milhões de visualizações:
As fotos da tragédia
A foto da moça toda ensanguentada no chão é de 2010 e se refere a uma mulher indiana que teria sido morta a facadas pelo próprio marido.

Já a fotografia da moça deitada no chão, sendo amparada pela família, trata-se de outra indiana que morreu em 2007, vítima de uma explosão em um restaurante.

A imagem da cabeça de uma cobra com os pés de uma pessoa saindo para fora (dando a impressão de que o animal estaria acabando de “almoçar”) é uma montagem feita por um artista digital chamado Luker, usando como base a foto de uma cobra comendo um rato, como podemos ver na comparação abaixo:


Conclusão
A notícia da moça de 16 anos que teria sido engolida por uma cobra em Goiás (ou no Mato Grosso) é falsa! As imagens são de acontecimentos diferentes de outras partes do mundo!

Projeto de Lei para 2018 exigirá uniforme unissex em todas as escolas? Verdade Ou Mentira?

Ativistas dos Direitos Humanos ligados a Esquerda no Brasil enviaram à Câmara dos Deputados um Projeto de Lei exigindo que todas as escolas adotem o uniforme unissex?

A notícia apareceu na web no dia 25 de junho de 2017 e foi republicada em diversos sites e blogs. De acordo com o texto amplamente compartilhado, ativistas dos Direitos Humanos ligados à Esquerda teriam enviado solicitação ao tribunal da ONU e à Câmara dos Deputados um Projeto de Lei exigindo que escolas estaduais e municipais passem a adotar uma política de uniforme sem distinção de gênero.

A notícia ainda afirma que, apesar do PL começar a valer somente em 2018, a ideologia de gênero – que exige o uniforme unissex – já estaria em vigor em alguns colégios brasileiros, como no Pedro II e na Escola Federal Menino Cazuza.

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?


Verdade ou Mentira?
Essa história surgiu no site especializado em inventar notícias falsas Sociedade Oculta! Já desmentimos aqui no E-farsas algumas farsas disseminadas por esse site, como aquela que atribuía um texto da Coca-cola ao juiz federal Sérgio Moro.
O Sociedade Oculta cita como fonte a versão online do jornal Folha de São Paulo, mas não dá nenhum link para que possamos verificar. Uma busca no site da Folha e não encontramos nada a respeito.

Também não encontramos nenhuma escola federal chamada Menino Cazuza…

Quanto à foto de alunos e alunas com uniformes iguais, trata-se de uma determinação de 2016 do colégio carioca Pedro II, que acabou com a distinção do uniforme escolar por gênero. Nesse colégio, os alunos usam roupas iguais, tanto os meninos quanto as meninas.

Não encontramos nada referente a uniformes escolares unissex no site da Câmara dos Deputados.

Igualmente, no site da ONU também não encontramos nada a respeito!

Conclusão
A notícia afirmando que uma lei obrigando todas as escolas o uso de uniforme unissex é falsa!

O cachê de Gal Gadot em Mulher-Maravilha foi 2% do que Henry Cavill ganhou em Superman? Verdade Ou Mentira?

É verdade que a estrela de Mulher-Maravilha, Gal Gadot, recebeu 2% do valor que os astros de Hollywood ganham para fazer o papel de Mulher-Maravilha?

A notícia polêmica apareceu nas redes sociais no começo da segunda quinzena de junho de 2017, logo após a estreia do filme Mulher-Maravilha nos cinemas. De acordo com o texto amplamente compartilhado, a israelense Gal Gadot teria recebido “apenas” 300 mil dólares para interpretar a princesa Diana/Mulher-Maravilha nas telonas! Henry Cavill, por exemplo, teria recebido 14 milhões de dólares para interpretar o Superman em Man of Steel.

42 vezes mais!!!

O valor seria somente 2% do que outros astros do cinema ganham por grandes produções como essa, o que deixou muita gente questionando se um dos motivos desse baixo salário seria o machismo que estaria imperando em Hollywood!

Por que ela ganhou tão abaixo do que os homens ganham?
Será que isso é verdade mesmo?

Verdade ou mentira?
Os sites e jornais que reproduziram (ou grande parte deles) fizeram uma conta errada e não verificada para chegarem nesses valores. O site de variedades Elle começou com esse rumor, explicando que Henry Cavill teria ganhado 14 milhões por Superman em seu primeiro filme, mas não explica de onde tirou esses dados.
Só que o Elle “deixa de mencionar” é que esse foi o valor que o ator britânico que deu vida ao Homem de Aço nas telonas teria ganhado com participações nos lucros e nas vendas de produtos relacionados à franquia. Ou seja, 14 milhões não seriam apenas pela atuação, mas mesmo assim, esse valor não foi confirmado.

A divulgação do suposto valor correspondente a US$ 14 milhões pagos a Henry Cavill chegou a circular nas redes sociais a partir de um tweet que, infelizmente, já foi deletado.

O valor de 300 mil dólares surgiu após a divulgação do cachê que a atriz teria recebido para atuar ao lado de Ben Affleck e de Henry Cavill no filme Batman vs Superman, que estreou em 2016. Em 2014, a revista Variety revelou que a bela Gadot teria assinado um contrato de 3 filmes com a Warner para receber US$300mil em cada um deles.

O site Hollywood Reporter, que afirma possuir fontes seguras dentro da indústria do cinema norte-americano, checou as informações disseminadas na internet e verificou que Gadot recebeu o mesmo tanto (ou até um pouco mais) pela sua participação em cada um dos filmes (desconsiderando os ganhos com merchandising) do que Henry Cavill em Man of Steel e que após o fim do contrato da atriz, certamente seu salário irá aumentar significativamente.

Salários baixos no começo
Em Hollywood é normal os atores que estão no começo do estrelato recebam pouco pelo seu primeiro grande papel. Chris Hemsworth, por exemplo, ganhou US$ 150.000 por sua estreia em Thor, de 2011.

Essa reportagem do Portal R7 conta que, em 2015, o salário de Robert Downey Jr. foi de US$ 80 milhões para interpretar o Homem de Ferro, se tornando o ator de cinema mais caro do mundo! No entanto, na sua estreia na pele do Tony Stark, Downey Jr. ganhou bem menos do que isso.

Harrison Ford recebeu apenas US$ 10.000 para fazer o Hans Solo em Star Wars IV: Uma Nova Esperança. Rumores sugerem que ele teria recebido mais de 23 milhões de doletas para interpretar o piloto em Star Wars VII!

Conclusão
De fato, existe uma disparidade muito grande entre os cachês das atrizes e dos atores em Hollywood! Assim como acontece aqui no Brasil (em qualquer área), as mulheres recebem salários mais baixos que os homens em funções semelhantes, mas no caso de Gal Gadot e Henry Cavill, houve um exagero nos números publicados!

Homem foi picado por cobra venenosa e mordeu a esposa pra morrerem juntos? Verdade Ou Mentira?

Será verdadeira a notícia de um indiano que, após ser picado por uma cobra venenosa, resolveu morder a esposa para que ambos pudessem morrer juntos?

A notícia surgiu no dia 13 de junho de 2017 em diversos sites brasileiros e conta a triste história de Shankar Rai, um indiano que teria sido picado por uma cobra venenosa e, sabendo que iria morrer, mordeu sua esposa para que ambos morressem juntos!

O fato teria ocorrido no dia 10 de junho de 2017, no distrito de Samastipur, no estado de Bihar, na Índia. Segundo publicações, Shankar teria mordido o braço da esposa na esperança de dividir o veneno da cobra com a mulher. Ambos teriam sido atendidos em um hospital local, mas o homem acabou morrendo!

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

Verdade ou mentira?
Ao ler a notícia, ficamos com mais dúvidas do que antes de lê-la, pois muitas perguntas ficaram sem respostas com a reportagem:
O veneno de cobra é transmissível?
Qual é o nome da mulher de Shankar Rai?
Em qual hospital eles foram atendidos?
Qual o sobrenome do médico que atendeu a ocorrência?
Qual é a espécie da cobra?
No nosso grupo fechado do Facebook, nossos atentos membros se esforçaram para tentar descobrir mais a respeito desse ocorrido, mas não há nada a mais para se acrescentar. Aqui no Brasil, o site Notícias Tabloide do UOL noticiou o infortúnio do casal indiano e fez como todos os outros sites do mundo: Citou o site Gulf News como fonte.

O Gulf News, por sua vez, não cita nenhuma fonte e/ou dá alguma prova de que isso aconteceu mesmo. A “reportagem” diz apenas que as informações vieram de “jornais locais”, mas não dá nem ao menos o nome de nenhum deles.

Esse tipo de postagem serve apenas para chamar a atenção do leitor, pois sua manchete dá a impressão de que o homem mordeu a mulher e que ambos haviam morrido por causa do veneno da cobra (que ninguém sabe nem a espécie). No entanto, uma lida na matéria “esclarece” que apenas o homem teria morrido e que a mulher havia sido salva por um médico chamado apenas de Dr. Jaykant (sem sobrenome).

Não encontramos nenhum registro de que o veneno de cobra seja transmissível. Caso essa história possa ser provada um dia, a mulher pode ter perdido os sentidos por perder sangue em decorrência da mordida, mas é pouco provável que ela tenha sido envenenada por causa da mordida do marido!

Conclusão
Não há provas de que isso tenha acontecido mesmo! Pela falta de provas e de fontes credíveis, podemos adiantar que essa notícia é falsa!

Posted in Homem Foi Picado Por Cobra Venenosa at junho 28th, 2017. No Comments.

Uma criança quase morreu engasgada com Fidget Spinner? Verdade Ou Mentira?

Notícia afirma que uma garota texana quase morreu asfixiada após se engasgar com o brinquedo Fidget Spinner! Será que isso é verdade ou mentira? Na última semana de maio de 2017, a postagem de uma mãe desesperada se tornou viral no Facebook e rapidamente se espalhou através das demais redes sociais. De acordo com o texto, a filha de uma mulher, no Texas, teria sido submetida a uma cirurgia, às pressas, para a retirada de um brinquedo que teria ficado preso na sua garganta!

Conhecido como Hand Spinner ou Fidget Spinner, o pequeno brinquedo teria ido parar na garganta da menina, impedindo a garota de respirar…

O texto ainda alerta a todas as mães que vigiem o uso do Fidget Spinner por seus filhos, para que não aconteça esse mesmo tipo de incidente que ocorreu com a sua filha!

Será que isso é verdade ou mentira?


Verdadeiro ou falso?
No dia 14 de maio de 2017, Kelly Rose Joniec estava dirigindo o seu carro, no Texas, quando percebeu sua filha – que estava no banco de trás – havia se engasgado com uma das rolimãs que compõe o Fidget Spinner. A menina, Britton, explicou que havia colocado o brinquedo na boca para “limpar” e acabou engolindo acidentalmente uma das peças (que tem o tamanho aproximado de uma moeda de 50 centavos)!

As duas foram ao pronto-socorro onde os médicos decidiram transferir a criança para o Hospital Pediátrico do Texas e um exame de raio-x mostrou que a rolimã havia ficado presa no esôfago da menina.

Após uma endoscopia, o objeto foi retirado com sucesso!


O Fidget Spinner

Apesar de fazer um estrondoso sucesso em 2017, o Fidget Spinner foi criado em 1990 pela engenheira química Catherine Hettinger, como uma ferramenta anti-stress e para crianças com autismo. O produto é recomendado para crianças acima de 8 anos.


Apesar do fato ocorrido com a jovem Britton ser real, é bom ressaltar aqui alguns pontos:

Ela engoliu uma peça do brinquedo e não o brinquedo inteiro;
A menina desmontou o brinquedo para “limpar” as peças separadas com a língua;
Ela não se machucou com o brinquedo em si, mas se engasgou pelo uso inadequado das peças;
Os pais devem, sim, vigiar as brincadeiras dos filhos;
Em maio de 2017, um garoto de 5 anos ficou com o dedo preso em um brinquedo desses e os médicos tiveram que usar várias ferramentas para corta-lo. O menino passa bem!


Conclusão
A notícia da criança texana que se engasgou com uma peça do Hand Spinner é real! Ela desmontou o brinquedo para lambe-lo e acabou engolindo uma das rolimãs!

Associação médica proíbe chamar grávidas de “mães” para respeitar transexuais? Verdade Ou Mentira?

Será verdadeira a notícia afirmando que a Associação Médica Britânica emitiu um manual proibindo os médicos de chamarem as grávidas de “mães” pra respeitar os transexuais?

A reportagem apareceu em vários sites e blogs no final de janeiro de 2017 e ganhou força novamente na segunda quinzena de maio do mesmo ano. De acordo com o texto, a Associação Médica Britânica teria emitido um guia exigindo que os médicos utilizem “linguagem inclusiva”, evitando se utilizar o termo “mãe expectante” para se referir a uma grávida e substituindo-o por “pessoa grávida”! A mudança estaria sendo feita para respeitar transexuais.

Dentre outras recomendações, o guia também recomenda evitar o uso de termos como “nascido homem” e “nascido mulher”, uma vez que esses termos “são redutivos e simplificam algo complexo”.

De acordo com o documento, diz a postagem que foi bastante compartilhada nas redes sociais, “a escolha dos termos apropriados é uma importante contribuição para celebrar a diversidade”.

Será que essa história é real?

Verdade ou Mentira?
No mês de janeiro de 2017, a British Medical Association (BMA) publicou um guia de 14 páginas com alguns procedimentos que, segundo eles, serviriam para diminuir a desigualdade entre as minorias e melhorar a integração entre as diferenças.

No entanto, diferente do que estão espalhando por aí, o guia não foi dirigido para todos os médicos britânicos (tampouco, para médicos de outros países). Em entrevista aos jornais, um porta-voz da BMA disse que:

“Este guia é destinado apenas à equipe da BMA e representantes com o objetivo de promover um local de trabalho inclusivo na BMA. […] Não se trata de nenhuma orientação para os médicos tratarem ou não seus pacientes.”

Ou seja, o guia (que nem está mais disponível), era apenas uma sugestão de como os funcionários da própria associação poderiam se portar no horário de trabalho.

Além disso, a British Medical Association não tem poderes para regular ou certificar médicos no Reino Unido, pois ela é um “apenas” um sindicato que oferece proteções para médicos britânicos.

Conclusão:
Uma associação de médicos britânica criou um guia com sugestões de como seus funcionários podem se portar na empresa em relação ao gênero e alguém espalhou a notícia de que isso era uma ordem que deverá ser cumprida por todos os médicos!

Globo erra e diz que a JBS gravou Temer dando anal? Verdade Ou Mentira?

Imagem flagra erro grave em matéria apresentada pela Globo News ao vivo! Será verdade que a Globo escreveu que “Temer deu anal”?

A foto apareceu nas redes sociais no dia 18 de maio de 2017, em meio a inúmeras notícias a respeito da delação premiada feita por um dos donos da JBS, envolvendo o Presidente da República Michel Temer.

O que chama a atenção no flagrante é que uma notícia veiculada ao vivo no canal de TV Globo News teria ido ao ar com um erro grave na manchete:

Ao invés de “dando aval“, a notícia estaria afirmando que o presidente estaria “dando anal”!

Será que essa imagem que está sendo bastante compartilhada é verdadeira ou falsa?


Verdade ou Mentira?
Como você já deve ter imaginado, a imagem é uma montagem! Tudo não passou de mais uma das inúmeras brincadeiras que giram em torno dessa bagunça em que se encontra o Governo…

Perceba que a letra “N” (tanto a letra maior, no topo, quanto a menor, no rodapé) está com uma cor de fundo diferente das demais.

A imagem abaixo não é a original, mas é de um frame da mesma matéria:

 

Conclusão
A imagem que mostra um erro na manchete da Globo News, transformando “aval” em “anal” é uma montagem engraçadinha!

Esposa de Aécio Neves gravou vídeo xingando os brasileiros? Verdade Ou Mentira?

Será que a mulher loira que aparece em um vídeo xingando os brasileiros e afirmando que está se mudando para Orlando é a esposa do senador Aécio Neves?

O vídeo apareceu no dia 18 de maio de 2017, pouco tempo após a divulgação da delação premiada de um dos donos da JBS na operação Lava Jato.

Nele podemos ver uma mulher exaltada, xingando os brasileiros que teriam votado em Dilma Rousseff para presidente, e afirmando que estaria se mudando para Orlando – na Flórida (USA).

O texto que acompanha o vídeo afirma que a loira seria a esposa do senador Aécio Neves (citado na delação de um dos donos da JBS), a gaúcha Letícia Weber.

Em apenas uma das publicações feitas no Facebook, o vídeo já havia alcançado mais de 11 milhões de visualizações, se tornando um dos assuntos mais comentados nas redes sociais e mais buscados no Google.
Será que a mulher do vídeo é a esposa de Aécio Neves?


Será que é ela?

Uma rápida busca através do Google Images e já podemos notar que a loira do vídeo não se parece muito com a esposa do senador, como podemos ver abaixo:

A mulher do vídeo é a jornalista Deborah Albuquerque Chlaem, que – no dia seguinte – postou um segundo vídeo onde confirma a autoria da gravação anterior:
Em entrevista ao Último Segundo, do portal IG, Deborah diz não ter se arrependido do vídeo que fez e que aquilo foi um desabafo contra a vitória de Dilma Rousseff nas urnas!

Conclusão
A mulher que aparece xingando os brasileiros em vídeo não é a esposa do senador Aécio Neves! Na verdade, a loira é uma jornalista que gravou o vídeo em 2014.

Mulher viajou para apoiar Lula, perdeu o emprego e pede doações para voltar? Verdade Ou Mentira?

A notícia apareceu em diversos sites e blogs no dia 12 de maio de 2017 e se espalhou através de diversas postagens nas redes sociais. Em algumas postagens – como essa, por exemplo – o assunto rendeu mais de 2 mil curtidas, além de milhares de compartilhamentos.

De acordo com o texto, uma fã do PT teria viajado 60 horas da Bahia até o Paraná para apoiar o ex-presidente Lula, no dia 10 de maio de 2016, e acabou ficando desempregada, sem dinheiro para pagar a passagem de volta e ainda teve que vender uma moto para arcar com as despesas da ida.

Nena, a mulher da notícia, tem 48 anos de idade (segundo o que diz na reportagem) e teria dito aos repórteres que se conseguisse arrecadar dinheiro para voltar para casa, iria ficar muito feliz e talvez ainda faça uma nova tatuagem com o nome de Lula!

 

Será verdade que uma mulher viajou 60 horas para apoiar Lula durante seu depoimento, mas perdeu o emprego e agora pede doações para voltar para casa?

A notícia apareceu em diversos sites e blogs no dia 12 de maio de 2017 e se espalhou através de diversas postagens nas redes sociais. Em algumas postagens – como essa, por exemplo – o assunto rendeu mais de 2 mil curtidas, além de milhares de compartilhamentos.

De acordo com o texto, uma fã do PT teria viajado 60 horas da Bahia até o Paraná para apoiar o ex-presidente Lula, no dia 10 de maio de 2016, e acabou ficando desempregada, sem dinheiro para pagar a passagem de volta e ainda teve que vender uma moto para arcar com as despesas da ida.

Nena, a mulher da notícia, tem 48 anos de idade (segundo o que diz na reportagem) e teria dito aos repórteres que se conseguisse arrecadar dinheiro para voltar para casa, iria ficar muito feliz e talvez ainda faça uma nova tatuagem com o nome de Lula!

Junto com a matéria, uma foto mostra uma moça vestindo uma camiseta vermelha.

Será que essa notícia é real?


Verdade ou Mentira?
A “reportagem” é confusa e cheia de erros de digitação. Além disso, só aparece em sites e blogs “da zoeira”… Claramente se trata de uma brincadeira…

A moça que aparece na foto que ilustra essa notícia não se chama Nena e tampouco “Patrícia” (é que, no meio da notícia, o nome da mulher muda para “Patrícia”). Podemos ver que ela não aparenta ter 48 anos e uma busca na web revela que quem inventou essa história usou uma fotografia de um protesto contra o afastamento da então presidente Dilma Rousseff, em maio de 2016! Na ocasião, 28 mulheres se acorrentaram às grades de contenção instaladas no Palácio do Planalto, em Brasília.

A mulher que aparece na fotografia se chama Juliana de Souza e não viajou da Bahia até o Paraná! Ela foi uma da militantes que se acorrentaram, durante o protesto, em 2016.

Conclusão
A notícia de uma mulher que teria viajado 60 horas para apoiar Lula e estaria sem emprego e sem dinheiro para voltar para casa é falsa!

Um pastor foi comido por crocodilos ao tentar imitar Jesus? Verdade Ou mentira?

A notícia surgiu em diversos sites e blogs aqui no Brasil no dia 14 de maio de 2017 e rapidamente se espalhou através das redes sociais, indo parar no nosso grupo fechado no Facebook.

De acordo com o texto, o pastor evangélico Jonathan Mthethwa acabou sendo devorado por três crocodilos, enquanto tentava imitar Jesus andando sobre a água de um rio no Zimbábue!

A tragédia teria ocorrido no mês de março, mas somente em maio é que foi noticiado por sites de vários países. Segundo o artigo, Mthethwa teria ignorado que o fato de que o Rio Mpumalanga costuma estar infestado de crocodilos e resolveu atravesa-lo…

Segundo testemunhas, só restaram as sandálias e pedaços da roupa íntima do pastor.

Será que essa notícia é Verdadeira?


Verdade ou Mentira?
É curioso ver como um boato tem a incrível habilidade de se recriar e ressurgir novamente com uma cara nova. Em agosto de 2016, publicamos aqui no E-farsas a verdade a respeito de uma notícia falsa de um pastor sul-africano que teria morrido após jejuar por 40 dias (imitando os passos de Jesus). O texto do hoax era bastante parecido com outro boato que desmentimos um ano antes, de um pastor que teria morrido no deserto após tentar jejuar…

Notícia parecida já havia sido desmentida por nós em 2014, quando espalharam na web que um pastor africano havia morrido afogado após tentar caminhar sobre as águas (como Jesus teria feito) .

Parece que a imaginação dos criadores de boatos não está mais tão fértil, não é?

Acontece que (dessa vez) tudo começou com uma postagem feita no site de um jornal nigeriano chamado Daily Post, no dia 13 de maio de 2017, afirmando que um pastor identificado como Jonathan Mthethwa, da Igreja dos Santos Últimos Dias, queria demonstrar que era capaz de imitar um dos feitos de Jesus narrados na bíblia, tentando caminhar sobre as águas em um rio conhecido como Crocodile River.

Apesar de não citar fontes, o artigo do Daily Post virou referência para outros sites, que somente copiaram e colaram o mesmo texto que, aliás, é também apenas uma cópia descarada de outras publicações mais antigas – como essa, do National News Bulletin, de fevereiro de 2017 ou essa, de 2016, do Edaily.

Até mesmo o “erro geográfico” publicado pelo National News foi copiado (o Crocodile River – ou o Mpumalanga – não fica no Zimbábue, mas na África do Sul).
Uma busca pelo nome do pastor não nos retorna nada além de textos semelhantes a esse. É como se o pastor nunca tivesse feito nada antes de tentar imitar Jesus…

Além disso, os criadores desse boato usaram um nome bem genérico para a igreja onde a morte teria acontecido, dificultando as investigações. Outra questão importante é que não há nenhum outro detalhe que ajude a provar a veracidade da história:

Onde o fato teria ocorrido?
Quais os nomes das testemunhas?
Não há nenhuma foto da tragédia?
Ninguém filmou o culto?
Nenhum jornal local noticiou o fato?
Conclusão
Essa notícia é falsa! Trata-se de uma nova versão de outros boatos já desmentidos aqui e não tem nenhuma prova de que tenha acontecido de verdade!

Posted in Um Pastor Foi Comido Por Crocodilos? at maio 17th, 2017. No Comments.