Mulher viajou para apoiar Lula, perdeu o emprego e pede doações para voltar? Verdade Ou Mentira?

A notícia apareceu em diversos sites e blogs no dia 12 de maio de 2017 e se espalhou através de diversas postagens nas redes sociais. Em algumas postagens – como essa, por exemplo – o assunto rendeu mais de 2 mil curtidas, além de milhares de compartilhamentos.

De acordo com o texto, uma fã do PT teria viajado 60 horas da Bahia até o Paraná para apoiar o ex-presidente Lula, no dia 10 de maio de 2016, e acabou ficando desempregada, sem dinheiro para pagar a passagem de volta e ainda teve que vender uma moto para arcar com as despesas da ida.

Nena, a mulher da notícia, tem 48 anos de idade (segundo o que diz na reportagem) e teria dito aos repórteres que se conseguisse arrecadar dinheiro para voltar para casa, iria ficar muito feliz e talvez ainda faça uma nova tatuagem com o nome de Lula!

 

Será verdade que uma mulher viajou 60 horas para apoiar Lula durante seu depoimento, mas perdeu o emprego e agora pede doações para voltar para casa?

A notícia apareceu em diversos sites e blogs no dia 12 de maio de 2017 e se espalhou através de diversas postagens nas redes sociais. Em algumas postagens – como essa, por exemplo – o assunto rendeu mais de 2 mil curtidas, além de milhares de compartilhamentos.

De acordo com o texto, uma fã do PT teria viajado 60 horas da Bahia até o Paraná para apoiar o ex-presidente Lula, no dia 10 de maio de 2016, e acabou ficando desempregada, sem dinheiro para pagar a passagem de volta e ainda teve que vender uma moto para arcar com as despesas da ida.

Nena, a mulher da notícia, tem 48 anos de idade (segundo o que diz na reportagem) e teria dito aos repórteres que se conseguisse arrecadar dinheiro para voltar para casa, iria ficar muito feliz e talvez ainda faça uma nova tatuagem com o nome de Lula!

Junto com a matéria, uma foto mostra uma moça vestindo uma camiseta vermelha.

Será que essa notícia é real?


Verdade ou Mentira?
A “reportagem” é confusa e cheia de erros de digitação. Além disso, só aparece em sites e blogs “da zoeira”… Claramente se trata de uma brincadeira…

A moça que aparece na foto que ilustra essa notícia não se chama Nena e tampouco “Patrícia” (é que, no meio da notícia, o nome da mulher muda para “Patrícia”). Podemos ver que ela não aparenta ter 48 anos e uma busca na web revela que quem inventou essa história usou uma fotografia de um protesto contra o afastamento da então presidente Dilma Rousseff, em maio de 2016! Na ocasião, 28 mulheres se acorrentaram às grades de contenção instaladas no Palácio do Planalto, em Brasília.

A mulher que aparece na fotografia se chama Juliana de Souza e não viajou da Bahia até o Paraná! Ela foi uma da militantes que se acorrentaram, durante o protesto, em 2016.

Conclusão
A notícia de uma mulher que teria viajado 60 horas para apoiar Lula e estaria sem emprego e sem dinheiro para voltar para casa é falsa!

O Que Dói Mais, A Verdade Ou A Mentira?

o-que-doi-mais-a-verdade-ou-a-mentira

Uns dizem que a verdade dói, outros dizem que o que dói mesmo é a mentira. Mas antes de respondermos a pergunta do título deste post, vamos à algumas situações práticas.

Coloque-se no lugar do mentiroso, e também no lugar de quem recebe a mentira, nos casos abaixo que representam situações comuns que acontecem com a maioria das pessoas.
* O companheiro (a) de um grande amigo (a) teu dá em cima de você. Você pode dizer à pessoa “traidora” que isso não se faz; pode dizer ao amigo “traído” (a) para que este fique atento ou você pode ignorar tudo isso fingindo que não é que contigo ou que isso não é problema teu pois “em briga de marido e mulher não se mete a colher”. Mas neste caso, estamos falando de um grande amigo teu.
* Um grande amigo (a) teu tem um trabalho normal, que ele (a) não gosta mas que paga direitinho e é tranquilo. Este amigo (a) quer largar o trabalho para tentar um negócio próprio mas em uma coisa que ele (a) não leva o menor jeito. O que você faz? Você pode dizer que isso nunca vai dar certo porque seu amigo (a) não percebe, mas ele é péssimo no novo ofício que quer fazer, ou você deixa tudo rolar pois quem sabe o errado nesta historia é você, talvez teu amigo seja bom. Mas se um dia ele fizer o que está pensando e perder tempo, dinheiro e o ex trabalho, você vai se sentir culpado em não ter falado que era evidente, ou provável, que o fim fosse o fracasso do business?

* O teu amigo (a) está demasiadamente acima do peso, ele pede o segundo hambúrguer do jantar. Você lhe fala sobre o risco para a sua saúde ou espera que ele se informe sozinho? O teu amigo (a) está com uma tosse horrível há dias, você lhe lembra que ele deve parar de fumar ou fica quieto porque acha que é tão evidente que a tosse é devida aos 2 maços de cigarro que ele fuma por dia? O teu amigo (a) fuma muita maconha e vive esquecido, você lhe diz que na tua opinião a maconha está acabando com a sua memória ou fica com medo de parecer careta se disser isso?

Talvez a melhor resposta para a pergunta do post seja colocar-se no lugar do outro. Mas existem, claro, como tudo na vida, dificuldades em agir totalmente como queremos.

1. Existem pessoas que vivem na mentira. O caso é tão complicado que provavelmente precisaria de um atendimento médico-psiquiátrico. É muito difícil dizer “você realmente está louco (a)” Mas dependendo do grau de amizade que você tem, não dizer a verdade é adiar o problema complicando ainda mais a situação.
2. Nós não podemos ser responsabilizados pelas decisões dos outros. Isso é muito complicado pois aquela frase “você falou que” ou “você me aconselhou a” é muito comum, então seria ideal que pudéssemos dar nossa opinião mas deixando claro que a tomada de decisão cabe somente a pessoa “dona” do problema, e infelizmente nem todos entendem isso.

Verdade x mentira:

 
Existem mentiras e mentiras, verdades e verdades porque estes conceitos podem ser, muitas vezes, subjetivos. No caso do namorado (a) que dá em cima da amiga (o) da namorada (o) ele pode dizer que tudo é apenas “impressão”, no caso do amigo que quer abrir o business com uma coisa que ele não é bom, pode ser que exista quem o ache bom.

No fundo no fundo, nestes dias de falsidade geral, ou de superficialidade ao extremo, onde mostramos nas redes apenas o que queremos, fica difícil dizer o que realmente pensamos afinal, a impressão que dá é que todo mundo vive em uma mentira construída para a proteção do próprio ego através das mentiras sinceras ou das mentiras para não machucar. Aí, a pergunta deste post deve ser colocada também sobre nós mesmos. Vale a pena mentir?

Posted in A Verdade Ou A Mentira at novembro 18th, 2016. No Comments.

Trabalhar em casa pela Internet verdade ou mentira.

Trabalhar-em-casa-pela-internet-verdade-mentira

É normal encontrar pessoas dizendo que trabalhar em casa pela Internet é uma grande mentira e que tudo não passa de enganação ou golpe para roubar o dinheiro de quem procura uma nova oportunidade online. É comum encontrar pessoas que tem essa mentalidade, mas hoje a verdade sobre trabalhar online sera revelada.  Se você também tem esta duvida e não acredita que é possível ganhar dinheiro usando a Internet, fique sabendo que você esta equivocado, pois talvez tenha caído em um desses golpes que oferecem dinheiro rápido e fácil pela Internet e por isso não acredita, mas é possível trabalhar online e viver disso. Acompanhe o artigo!

Hoje eu vou te mostrar o básico sobre como trabalhar através da Internet de uma forma segura, honesta e extremamente profissional, além disso, eu vou te explicar que nem tudo que lemos, assistimos e ouvimos na internet sobre negócios online é uma verdade absoluta, pois algumas vezes é de fato um golpe ou uma fraude.
Infelizmente muitos estelionatários e charlatões sabem que existe uma procura gigante no Google sobre como ganhar dinheiro trabalhando pela Internet e aproveitam para lançar seus golpes e fraudes no mercado dos negócios digitais, mas nem tudo é golpe ou enganação, pois existem métodos verdadeiros e eficazes para gerar renda online a médio / longo prazo honestamente, ou seja, se a proposta é dinheiro rápido e fácil é enganosa.

Todo anuncio, artigo, e-book, vídeo ou curso sobre ganhar muito dinheiro rápido e fácil na Internet é mentiroso, mas infelizmente as pessoas ainda procuram por formulas mágicas e prontas onde elas só precisam apertar o play para começar ganhar dinheiro online sem a necessidade de trabalhar muito para isso acontecer.
Infelizmente não existe nenhuma formula milagrosa que faça uma pessoa que trabalha em casa usando a Internet faturar milhares de reais, mas métodos eficientes desenvolvidos por especialistas que já trabalham há muitos anos com Internet fazendo estudos, testes e analisando o comportamento do mercado online.

Tudo gira em torno de vendas, ou seja, a única maneira para trabalhar através da Internet e ganhar dinheiro suficiente para viver disso é você vendendo alguma coisa, mas é exatamente neste ponto que muitos falham.

A grande sacada é que vender produtos físicos não é tão eficiente quando comparado com produtos digitais de informações (infoprodutos), onde o produto é entregue através do e-mail em forma de download ou acesso virtual e sempre de forma automatizada, ou seja, a pessoa compra o produto, o sistema reconhece a compra e libera aquele produto automaticamente através do e-mail cadastrado enviando ao mesmo ou dados de acesso.
Um produto digital de informação (Infoproduto) pode ser qualquer coisa como, por exemplo, um e-book, Sites de acesso restrito, vídeo-aulas, palestras, screencasts, audiobooks, ou seja, tudo que pode ser entregue online.

Estamos na era dos produtos digitais de informações e esse é sem duvida o melhor sistema profissional e verdadeiro para gerar renda pela Internet, mas não é fácil, pois muitos que estão iniciando neste ramo não fazem idéia de como criar seus infopordutos, além das técnicas e estratégias para vender esses infoprodutos.

Quem tem um bom conhecimento sobre marketing de afiliado nem precisa desenvolver o seu próprio produto digital, pois dependendo do nicho de mercado é possível encontrar milhares de infoprodutos prontos para você promover e ganhar ótimas comissões através de plataformas como, por exemplo, o próprio Hotmart .

Como trabalhar com produtos digitais de Informações

Trabalhar com infoprodutos é simplesmente maravilhoso, mas quem pensar que é fácil vender este material na Internet esta se enganando, pois é necessário compreender que não basta sair deixando links em todos os lugares da Internet e aguardar a comissão como se fosse um passe de mágica.

Muitos que ainda não compreenderam como se trabalha com infoprodutos tentam vender diretamente em seus blogs, Facebook, youtube atém de espalhar os hotlinks do Hotmart por tudo que é lugar na Internet, mas desta forma é muito difícil ter uma boa taxa de conversão.

Compreenda que mesmo que você inicie uma campanha 100% segmentada no Facebook e a pessoa clicar em seu hotlink e eventualmente comprar aquele infoproduto, quem te garante que receberá a comissão? Mesmo que venda no youtube, blog, twitter ou qualquer outra rede social, sua comissão pode esta sendo prejudicada pelos cookies? Você sabe como funciona um cookie?
O que acontece com o seu hotlink na Internet:

A pessoa chega e clica no seu hotlink de afiliado espalhado por qualquer lugar da Internet, até este momento mesmo ele estando navegando como anônimo se ele comprar o infoproduto seu hotlink é validado pelo hotmart e você recebe a comissão, mas se ele fechar a janela e comprar depois você não ganha nada, pois o navegador não terá o histórico, cookies serão apagados, o endereço não aparecerá na função autocompletar.

Muitos que saem deixando links por todos os lugares (Principalmente no Facebook) acreditam que é assim que se vende infoprodutos do Hotmart, até boots usam, mas qual é a probabilidade de uma pessoa clicar em um hotlink de infoproduto pela primeira vez e efetuar a compra? Quase “0” concorda? Então particularmente acredito que espalhar hotlinks pela Internet não é a melhor opção para vender infoprodutos do Hotmart.
Se você quer ter sucesso vendendo infoprodutos, precisa compreender que blogs, grupos, fóruns e mídias sociais são apenas ferramentas importantes para você atrair um trafego de qualidade, ganhar autoridade e criar uma reputação online. É possível criar uma LP otimizada no blog, fazer alguns anúncios e vender diretamente, mas nada comparado quando filtramos essas pessoas através do Email marketing já com nossos cookies.
A grande sacada para trabalhar com produtos digitais

Agora que você compreendeu que blogs, grupos, fóruns e mídias sociais são apenas ferramentas de atração, eu vou te falar gratuitamente a grande sacada para você vender infoprodutos ou qualquer coisa na Internet, seja produtos digitais do hotmart ou até produtos físicos da lojinha que você tem ai na sua casa.

O Email marketing é o segredo para vender na Internet. Não importa se você tem blogs, sites, mini-sites, canais ou uma fã page com 1 milhão de fãs, esse sim é o foco principal de qualquer empreendedor online de sucesso.

Comece a criar listas de emails relacionadas com o nicho de mercado e os produtos promovidos através do seu blog e das mídias sociais, mantenha o relacionamento com essas listas e depois efetue as vendas com 100% de certeza que receberá as comissões. Os cookies? Seus prospects apagam, pois querem comprar de você e ter a certeza que a comissão será sua. (Desde que confiem na sua indicação e você explique isso a eles).

Se você não sabe como fazer isso ou nunca trabalhou com email marketing, procure um curso de email marketing sério que possa lhe ajudar verdadeiramente, assim você compreenderá que o email marketing é a saída para quem deseja vender mais infoprodutos na internet e receber as comissões.

Como aprender trabalhar com email marketing?

Trabalhar com email marketing da forma correta, sem fazer spam para seus leads não é fácil, pois muitos acreditam que estão fazendo um bom trabalho, mas na verdade só fazem spam e você precisa compreender essa diferença para conseguir obter excelentes resultados trabalhando com email marketing corretamente.

 

Posted in Tecnologia at janeiro 14th, 2015. No Comments.

Escova de dente, maçanetas de banheiros públicos, mesas, dinheiro, travesseiros: eles contém germes e bactérias, fazem parte da nossa rotina, mas não oferecem risco a saúde

Se você é daqueles que morrem de medo que alguma bactéria mortal presente na sua escova de dente ou enterrada no seu travesseiro possa fazer algum mal à sua saúde, pare de se preocupar tanto! O pessoal da Fitness Magazine decidiu investigar inúmeros mitos que circulam por aí sobre a contaminação de germes e bactérias, descobrindo que bemObjetos poucos desses bichinhos chegarão a fazer qualquer mal a você. Confira:

Escova de dente

Você já deve ter ouvido falar sobre as bactérias ninja que “voam” do vaso sanitário até a sua escova de dente toda vez que você dá descarga, não é mesmo? Na verdade, essa transferência de microrganismos realmente ocorre — eca! —, mas não chega a ser algo tão perigoso quanto você imagina.

Toda vez que damos descarga, gotículas de água espalham germes e bactérias por todo o banheiro, mas, para que esses organismos possam se proliferar, eles precisam de água. Portanto, assim que a escova de dente estiver seca — ou qualquer outra superfície do banheiro —, a maioria dos bichinhos acaba morrendo. E, para evitar qualquer risco, escove os dentes antes de usar o banheiro, mantenha a escova guardada ou lave-a antes de usar.

Maçanetas de banheiros públicos

Segundo os especialistas, as maçanetas dos banheiros públicos são as superfícies que apresentam o menor número de microrganismos, pois, acredite se quiser, de acordo com os testes, 68% das pessoas que usam esses locais lavam as mãos antes de sair dos banheiros. Além disso, as maçanetas costumam estar sempre secas, dificultando a proliferação desses bichinhos.

Mesas de trabalho

Não é nenhuma novidade que as nossas mesas de trabalho — principalmente as dos meninos — são verdadeiros antros de microrganismos. Tanto que, em média, é comum encontrar uma quantidade 400 vezes maior de germes e bactérias nesses locais do que nos vasos sanitários.

Contudo, embora algumas doenças — como a gripe, por exemplo — possam ser transmitidas através de superfícies e objetos de escritório contaminados, a maioria dos “inquilinos” que vivem nas nossas mesas são completamente inofensivos, podendo ser mantidos sobre controle através da higienização regular com produtos desinfetantes.

Dinheiro

Embora existam tantos boatos relacionados à contaminação através do dinheiro quanto existem cédulas e moedas circulando por aí, a verdade é que nenhum desses populares bens oferece um ambiente propício para a proliferação de microrganismos.

As cédulas, por serem feitas de papel e normalmente estarem sempre secas, dificultam as chances de que os bichinhos se multipliquem em níveis que possam ser prejudiciais, enquanto as moedas, por serem feitas com material metálico, contam com elemento antibacteriano em sua composição.

Travesseiros

Se você dorme com o mesmo travesseiro há anos, é bem provável que você compartilhe o seu sono com pilhas de germes e bactérias, acumulados depois de tanto tempo de uso. Mas isso não é nenhum motivo para você perder o sono.

Segundo os pesquisadores, é mais provável que o travesseiro velho deixe você com um belo torcicolo do que o infecte com alguma doença. Entretanto, por questões de higiene e para evitar alergias, é recomendado lavar as fronhas semanalmente, e os travesseiros — a maioria é lavável — podem ir para a máquina regularmente também.

De qualquer forma, para evitar maiores problemas e possíveis contaminações, existe uma ação muito simples que, caso ainda não seja um hábito, você deve tratar que se torne um: lavar as mãos com água e sabão regularmente. Fácil, não é mesmo?

Posted in Padão at setembro 26th, 2012. No Comments.