Feministas defecaram e fizeram sexo dentro de uma igreja? Verdade Ou Mentira?

Imagens mostram um grupo de mulheres que teria invadido uma igreja e, além de fazer sexo, ainda defecou na frente do altar em manifestação a favor do feminismo! Será verdade?

As imagens se espalharam através das redes sociais no começo de junho de 2018 e deixaram muita gente assustada! Nela podemos ver o que parece ser um grupo de pessoas fazendo sexo dentro de uma igreja!!! Em outra foto, as mulheres aparecem defecando na porta de uma catedral…
O texto que acompanha essas imagens afirma que isso foi uma manifestação organizada por feministas, que invadiram e profanaram uma igreja em apoio ao feminismo.

Verdade ou mentira?
O texto não explica quando e nem onde a tal manifestação teria rolado, além de não dar maiores detalhes sobre o ocorrido. Mesmo assim, o assunto foi compartilhado milhares de vezes no Facebook e também através de grupos do WhatsApp.

A verdade é que essas fotos são uma junção de casos separados, ocorridos em diferentes ocasiões e locais.

As duas primeiras fotografias, de um casal simulando sexo dentro de uma igreja, são de um caso ocorrido em junho de 2011, na capital da Noruega, Oslo. Os dois eram casados e faziam parte de um grupo de ativistas chamado Seks za gozdove (algo como Sexo para a Floresta) que tenta chamar a atenção das autoridades (através de performances de sexo em áreas públicas) para a importância das floresta em nossas vidas. Eles queriam ter relações sexuais no altar, mas um homem atrapalhou o rolê deles, chamando a polícia.
O casal de ecologistas e mais um terceiro “comparsa” (que filmou tudo), tiveram que escolher entre pagar uma multa ou pegar 16 dias de prisão cada um. Em entrevista, eles disseram que preferiram pagar a multa do que ficar duas semanas sem sexo…

A terceira fotografia é de um grupo de manifestantes que protestava em frente à Catedral Metropolitana de Buenos Aires contra a vitória do presidente Mauricio Macri na eleições, em novembro de 2015. Alguns sites, na ocasião, atribuíram o protesto ao grupo de jovens La Cámpora (que não é composto apenas de mulheres).

Conclusão:
As imagens atribuídas a um grupo de feministas que teria invadido uma igreja durante um protesto são de fatos ocorridos em ocasiões e lugares diferentes e não são ligados diretamente a grupos feministas!

Foto do Lula Acenando Para A Multidão Com 10 Dedos Nas Mãos é Verdade Ou Mentira?

Será que fizeram uma fotomontagem do ex-presidente Lula acenando para o povo? Quem fez a montagem esqueceu de tirar o mindinho da mão esquerda dele? Seria um sósia?

A imagem se espalhou em diversas páginas do Facebook no final de março de 2018. Nela podemos ver um homem de cabelos grisalhos (que seria o ex-presidente Lula) e com os braços abertos acenando para algumas pessoas.

O detalhe que chama a atenção nessa simples foto é um detalhe que está colocando em cheque a veracidade da imagem: o homem da fotografia tem 10 dedos nas mãos!

Como já se sabe, Luiz Inácio perdeu um dedo mindinho em 1963 em um acidente de trabalho, o que fez muita gente se perguntar:

Será que essa foto é real?
Ou será que esse sujeito da foto é um sósia do ex-presidente?


Verdade ou montagem?
A foto é real! Não houve manipulação na fotografia.

Essa fotografia foi tirada juntamente com diversas outras no dia 24 de março de 2018, em Florianópolis (SC), durante visita do ex-presidente à Santa Catarina. Tirada pelo fotógrafo Ricardo Stuckert, a fotografia em questão eternizou o exato momento em que a mão esquerda do pré-candidato Luiz Inácio da Silva se alinhou com um braço de um dos presentes na plateia!

Difícil acreditar, né? Mas veja só na ampliação:

Conclusão
A fotografia é real. O alegado dedo é, na verdade, o braço de um dos espectadores!

As fotos de leilão de escravos na Líbia são reais? Verdade Ou Mentira?

Será que as fotos que se espalharam pelas redes sociais de negros sendo maltratados são mesmo de leilões de escravos na Líbia?

No final de novembro de 2017, uma série de fotos chocantes se espalhou através do Facebook e de grupos no WhatsApp. Nelas podemos ver pessoas sendo torturadas e amontoadas em galpões escuros e o texto que acompanha as imagens afirma que tratam-se de flagrantes fotografados durante leilões de escravos na Líbia!

Em uma das fotos, 3 homens aparecem presos pelos pés, amarrados nas grades de uma janela!

Será que essas fotos são mesmo de leilões de escravos na Líbia?

Verdade ou Mentira?
Infelizmente, o comércio de escravos não é novidade na Líbia. Conforme apurou o jornal El País, jovens africanos são vendidos em leilões como escravos, surrados, sequestrados em troca de resgate durante rota migratória para a Europa. Apesar de vários grupos internacionais estarem denunciando isso há anos, só agora que um vídeo divulgado em novembro de 2017 pela rede CNN contando como funciona esse comércio ilegal de humanos, é que uma onda de indignação tomou conta da África (e do mundo).
A Carta Capital também divulgou que cada escravo é vendido por cerca de R$ 1,5 mil em média na Líbia!

Mas… e as fotos?
A imagens que estão sendo compartilhadas nas redes sociais juntamente com o texto sobre o comércio de escravos na Líbia são uma mistura de fotos tiradas em locais distintos e reunidas como sendo de um local só, como explicaremos a seguir.

A imagem que usamos lá no começo desse artigo (e que foi retirada de uma fanpage como se tivesse sido flagrada na Líbia), que mostra 3 homens virados de cabeça pra baixo e amarrados pelos pés é de uma notícia que circulou em outubro de 2017 de ladrões que foram presos e interrogados pela população por suspeita de roubo!
Outra foto usada para ilustrar o texto sobre o comércio de escravos na Líbia é essa a seguir, que mostra várias pessoas amontoadas no chão! A imagem é de uma reportagem feita em 2014, sobre as péssimas condições das prisões no Senegal:Em outra imagem, podemos ver outras pessoas igualmente amontoadas em uma espécie de quarto. Na verdade, essa foto é da Casa Central de Detenção de Bamako, em Bali.

A foto seguinte é de uma reportagem de 2011, sobre uma guerra civil ocorrida na Costa do Marfim:


As fotos que mostram vários corpos sendo enterrados na areia é, na verdade de uma tragédia ocorrida em maio de 2017, quando 44 nigerianos foram mortos no deserto enquanto tentavam chegar às costas da Europa, pouco antes de chegarem na Líbia!

A imagem abaixo é, sim, de migrantes africanos que chegaram na Líbia para, de lá, tentarem chegar à Europa:


Fotos tiradas na Líbia são piores:
Há imagens reais de chacinas na Líbia, como podemos ver nesse link. Não há necessidade de se usar fotos de outros países para ilustrar o comércio de escravos naquele lugar.

 

Conclusão:

O comércio escravo na Líbia é real e está chamando atenção do mundo. No entanto, algumas das imagens usadas para ilustrar a notícia que está se espalhando pelas redes sociais são de outros fatos ocorridos longe da Líbia!

Posted in As Fotos De Leilão De Escravos Na Libia at dezembro 23rd, 2017. No Comments.

Bolinhas brancas encontradas nas sardinhas fazem mal à saúde? Verdade Ou Mentira?

Imagens mostram pequenas bolinhas brancas encontradas dentro de sardinhas e texto afirma que trata-se de uma doença parasitária! Será que o consumo desse peixe faz mal?

A mensagem se espalhou rapidamente através das redes sociais na segunda quinzena de novembro de 2017 e trata de um assunto que deixou muita gente preocupada.

De acordo com o texto que foi bastante compartilhado, essas bolinhas brancas descobertas dentro de sardinhas não são ovas, mas uma doença parasitária!

O consumo desses peixes, segundo o alerta, faz mal para a saúde humana e deve ser evitado a todo custo.

Será que isso é verdade mesmo?


Verdade ou Mentira?
No dia 06 de novembro de 2017, a publicação feita no Facebook por uma fan page italiana voltada para mundo da pescaria chamada Pesc’amore publicou o alerta sobre um tipo de parasita que estaria contaminando todas as sardinhas.

O texto é muito alarmista, o que já deveria deixar o leitor com um pé atrás, mas não é bem isso que acontece nas redes sociais, infelizmente… O texto, acompanhado de fotos de peixes com bolinhas brancas saindo deles, foi compartilhado mais de 150 mil vezes e teve mais de mil comentários!

A verdade é que as imagens são reais, mas não há nenhum risco de saúde para o consumo humano.
Em outubro de 2017, consumidores na Tunísia começaram a relatar pequenos grãos de cor branca parecidas com ovos nas sardinhas pescadas. Os mesmo sinais foram relatados também na Argélia, quando o Comitê de Saúde da Organização para a Defesa do consumidor argelino fez um estudo e mostrou que essas bolinhas são “parasitas” do tipo (Glugea sadinellensis).

A Organização argelina observou que o consumo desses peixes após a remoção desses grãos não representa uma ameaça para a saúde humana.

A rádio da Tunísia Al Jawhara FM contatou a Organização Nacional para a Defesa do Consumidor, onde uma fonte oficial assegurou que a organização está ciente do assunto e que a propagação desses parasitas “depende da estação anual e do tamanho das sardinhas, e é por isso que as encontramos em grandes números nos últimos tempos, especialmente nas sardinhas de tamanho pequeno (entre 10 e 12 cm)”.

A organização assegurou também que o consumo de peixes com esse parasita não faz mal à saúde, desde que seja removido antes do consumo!

A publicação pode ser lida na íntegra também na página do Comitê de Saúde da Argélia:

Conclusão
Não houve (ainda) relatos desse tipo de parasitas nas sardinhas que são vendidas no Brasil. De qualquer forma, se forem retirados do peixe durante o preparo, o consumo de sardinhas não faz mal à saúde!

Uma criança interagiu com um homem nu durante exposição no MAM? Verdade Ou Mentira?

 

No dia 28 de setembro de 2017, um vídeo se tornou um dos mais compartilhados e comentados nas redes sociais. Nele podemos ver uma menina, de aparentemente 4 anos de idade, tocando em partes do corpo de um homem nu que estava deitado no chão!

Causando muita revolta nas redes sociais, o vídeo é acusado de insinuações de pedofilia e muita gente afirma que o fato aconteceu aqui no Brasil, durante uma performance no Museu de Arte Moderna, em São Paulo.

Será que a foto é real? Será que essa apresentação aconteceu no Brasil?


Verdade ou Mentira?

No dia 26 de setembro de 2017, foi apresentado na abertura do 35º Panorama da Arte Brasileira – no Museu de Arte Moderna (MAM) – a performance do artista fluminense Wagner Schwartz. Ele se apresentou nu, no centro de uma espécie de tatame.

Na apresentação (intitulada La Bête), Wagner Schwartz recria um dos Bichos de Lygia Clark, onde o público pode manipular as diversas esculturas de alumínio com várias dobradiças. No chão, o artista nu também pode ser manipulado pelos visitantes.

No vídeo que se espalhou pela web (e deixou muita gente revoltada) a garota toca nos pés e na canela de Schwartz e sai engatinhando do local, voltando para junto dos espectadores.

De acordo com o MAM, a mulher adulta que acompanha a menina no vídeo é a mãe da criança!
O Museu também explicou que a oficina aconteceu apenas uma vez, em sessão aberta somente para convidados, e que havia sinalizações sobre o teor da apresentação, incluindo a nudez artística.

Na nota publicada na página do MAM no Facebook, a direção do museu se defende, afirmando que o trabalho não tem conteúdo erótico.

Leia a nota completa abaixo:

NOTA DE ESCLARECIMENTO:
O Museu de Arte Moderna de São Paulo informa que a performance “La Bête”, que está sendo questionada em páginas no Facebook, foi realizada na abertura da Mostra Panorama da Arte Brasileira, em evento de inauguração.
É importante ressaltar que o Museu tem a prática de sinalizar aos visitantes qualquer tema sensível à restrição de público. Neste sentido, a sala estava devidamente sinalizada sobre o teor da apresentação, incluindo a nudez artística. O trabalho não tem conteúdo erótico e trata-se de uma leitura interpretativa da obra Bicho, de Lygia Clark, artista historicamente reconhecida pelas suas proposições artísticas interativas.
É importante ressaltar que o material apresentado nas plataformas digitais omite a informação de que a criança que aparece no vídeo estava acompanhada de sua mãe durante a abertura da exposição.
Portanto, os esclarecimentos acima denotam que as referências à inadequação da situação são fora de contexto.

Conclusão:

O vídeo que mostra uma criança interagindo com um adulto nu em uma performance no Museu de Arte Moderna é real! O MAM se defendeu em nota afirmando que não havia conotação erótica na obra e que a mulher que acompanha a garota no vídeo é mãe da menina.

Chuva cai em um único ponto em Gana! Milagre? Verdade Ou Mentira?

Será que o vídeo mostrando uma chuva forte caindo em um único ponto é verdadeiro ou falso? Seria esse um milagre divino? Descubra aqui no E-farsas!

O vídeo apareceu na web e fez um enorme sucesso nas redes sociais no final da primeira quinzena de setembro de 2016 e mostra o que parece ser a prova de um milagre: Uma forte chuva caindo em um único ponto, em uma rodovia!!!

De acordo com o texto que acompanha a filmagem, o fenômeno teria ocorrido em Gana e seria a comprovação de que é possível chover em um pequeno local.

As cenas já foram vistas mais de 2 milhões de vezes apenas no Facebook e mais outras milhares de vezes no YouTube, indo parar até no nosso grupo “secreto” na rede social de Mark Zuckerberg (se você ainda não faz parte desse seleto grupo, não sabe o que está perdendo)!

Mas, afinal, será que o vídeo é verdadeiro ou falso? Estamos mesmo diante de um milagre? Qual é a explicação para esse fenômeno?
Chuva cai em um único ponto em Gana! Milagre?

Será que o vídeo mostrando uma chuva forte caindo em um único ponto é verdadeiro ou falso? Seria esse um milagre divino?

O vídeo apareceu na web e fez um enorme sucesso nas redes sociais no final da primeira quinzena de setembro de 2016 e mostra o que parece ser a prova de um milagre: Uma forte chuva caindo em um único ponto, em uma rodovia!!!

De acordo com o texto que acompanha a filmagem, o fenômeno teria ocorrido em Gana e seria a comprovação de que é possível chover em um pequeno local.

As cenas já foram vistas mais de 2 milhões de vezes apenas no Facebook e mais outras milhares de vezes no YouTube, indo parar até no nosso grupo “secreto” na rede social de Mark Zuckerberg (se você ainda não faz parte desse seleto grupo, não sabe o que está perdendo)!

Mas, afinal, será que o vídeo é verdadeiro ou falso? Estamos mesmo diante de um milagre? Qual é a explicação para esse fenômeno?

Verdadeiro ou Mentira?

O vídeo é real, mas a história que se espalhou com ele é falsa!

Na verdade, o vídeo mostra a água caindo dos céus em certos momentos, o que nos dá a impressão de que se trata de uma chuva mesmo, mas a verdade é que a água está saindo do chão.

Dias antes do vídeo ganhar fama na internet, um duto de água se rompeu na estrada Akosombo, em Gana, e a pressão fez com que a água jorrasse a grandes alturas. A empresa Ghana Water Company Limited foi chamada para atender a ocorrência e o problema foi resolvido. Podemos ver um capacete que possivelmente é da empresa, no automóvel do lado direito do cinegrafista:
Quem descobriu a verdade sobre esse vídeo – que foi tratado por muitos como um milagre – foi o jornalista e radialista ganês Israel Laryea, que encontrou outro vídeo do mesmo local, feito pelo mesmo cinegrafista, explicando se tratar de um cano estourado:
Conclusão
O milagre da chuva que caia em apenas um local era apenas um duto de água que se rompeu e fez com que o líquido fosse jogado bem alto no céu!

Posted in Chuva Cai Em Uma Única Parte at julho 15th, 2017. No Comments.

Homem foi picado por cobra venenosa e mordeu a esposa pra morrerem juntos? Verdade Ou Mentira?

Será verdadeira a notícia de um indiano que, após ser picado por uma cobra venenosa, resolveu morder a esposa para que ambos pudessem morrer juntos?

A notícia surgiu no dia 13 de junho de 2017 em diversos sites brasileiros e conta a triste história de Shankar Rai, um indiano que teria sido picado por uma cobra venenosa e, sabendo que iria morrer, mordeu sua esposa para que ambos morressem juntos!

O fato teria ocorrido no dia 10 de junho de 2017, no distrito de Samastipur, no estado de Bihar, na Índia. Segundo publicações, Shankar teria mordido o braço da esposa na esperança de dividir o veneno da cobra com a mulher. Ambos teriam sido atendidos em um hospital local, mas o homem acabou morrendo!

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?

Verdade ou mentira?
Ao ler a notícia, ficamos com mais dúvidas do que antes de lê-la, pois muitas perguntas ficaram sem respostas com a reportagem:
O veneno de cobra é transmissível?
Qual é o nome da mulher de Shankar Rai?
Em qual hospital eles foram atendidos?
Qual o sobrenome do médico que atendeu a ocorrência?
Qual é a espécie da cobra?
No nosso grupo fechado do Facebook, nossos atentos membros se esforçaram para tentar descobrir mais a respeito desse ocorrido, mas não há nada a mais para se acrescentar. Aqui no Brasil, o site Notícias Tabloide do UOL noticiou o infortúnio do casal indiano e fez como todos os outros sites do mundo: Citou o site Gulf News como fonte.

O Gulf News, por sua vez, não cita nenhuma fonte e/ou dá alguma prova de que isso aconteceu mesmo. A “reportagem” diz apenas que as informações vieram de “jornais locais”, mas não dá nem ao menos o nome de nenhum deles.

Esse tipo de postagem serve apenas para chamar a atenção do leitor, pois sua manchete dá a impressão de que o homem mordeu a mulher e que ambos haviam morrido por causa do veneno da cobra (que ninguém sabe nem a espécie). No entanto, uma lida na matéria “esclarece” que apenas o homem teria morrido e que a mulher havia sido salva por um médico chamado apenas de Dr. Jaykant (sem sobrenome).

Não encontramos nenhum registro de que o veneno de cobra seja transmissível. Caso essa história possa ser provada um dia, a mulher pode ter perdido os sentidos por perder sangue em decorrência da mordida, mas é pouco provável que ela tenha sido envenenada por causa da mordida do marido!

Conclusão
Não há provas de que isso tenha acontecido mesmo! Pela falta de provas e de fontes credíveis, podemos adiantar que essa notícia é falsa!

Posted in Homem Foi Picado Por Cobra Venenosa at junho 28th, 2017. No Comments.

Uma criança quase morreu engasgada com Fidget Spinner? Verdade Ou Mentira?

Notícia afirma que uma garota texana quase morreu asfixiada após se engasgar com o brinquedo Fidget Spinner! Será que isso é verdade ou mentira? Na última semana de maio de 2017, a postagem de uma mãe desesperada se tornou viral no Facebook e rapidamente se espalhou através das demais redes sociais. De acordo com o texto, a filha de uma mulher, no Texas, teria sido submetida a uma cirurgia, às pressas, para a retirada de um brinquedo que teria ficado preso na sua garganta!

Conhecido como Hand Spinner ou Fidget Spinner, o pequeno brinquedo teria ido parar na garganta da menina, impedindo a garota de respirar…

O texto ainda alerta a todas as mães que vigiem o uso do Fidget Spinner por seus filhos, para que não aconteça esse mesmo tipo de incidente que ocorreu com a sua filha!

Será que isso é verdade ou mentira?


Verdadeiro ou falso?
No dia 14 de maio de 2017, Kelly Rose Joniec estava dirigindo o seu carro, no Texas, quando percebeu sua filha – que estava no banco de trás – havia se engasgado com uma das rolimãs que compõe o Fidget Spinner. A menina, Britton, explicou que havia colocado o brinquedo na boca para “limpar” e acabou engolindo acidentalmente uma das peças (que tem o tamanho aproximado de uma moeda de 50 centavos)!

As duas foram ao pronto-socorro onde os médicos decidiram transferir a criança para o Hospital Pediátrico do Texas e um exame de raio-x mostrou que a rolimã havia ficado presa no esôfago da menina.

Após uma endoscopia, o objeto foi retirado com sucesso!


O Fidget Spinner

Apesar de fazer um estrondoso sucesso em 2017, o Fidget Spinner foi criado em 1990 pela engenheira química Catherine Hettinger, como uma ferramenta anti-stress e para crianças com autismo. O produto é recomendado para crianças acima de 8 anos.


Apesar do fato ocorrido com a jovem Britton ser real, é bom ressaltar aqui alguns pontos:

Ela engoliu uma peça do brinquedo e não o brinquedo inteiro;
A menina desmontou o brinquedo para “limpar” as peças separadas com a língua;
Ela não se machucou com o brinquedo em si, mas se engasgou pelo uso inadequado das peças;
Os pais devem, sim, vigiar as brincadeiras dos filhos;
Em maio de 2017, um garoto de 5 anos ficou com o dedo preso em um brinquedo desses e os médicos tiveram que usar várias ferramentas para corta-lo. O menino passa bem!


Conclusão
A notícia da criança texana que se engasgou com uma peça do Hand Spinner é real! Ela desmontou o brinquedo para lambe-lo e acabou engolindo uma das rolimãs!

Esposa de Aécio Neves gravou vídeo xingando os brasileiros? Verdade Ou Mentira?

Será que a mulher loira que aparece em um vídeo xingando os brasileiros e afirmando que está se mudando para Orlando é a esposa do senador Aécio Neves?

O vídeo apareceu no dia 18 de maio de 2017, pouco tempo após a divulgação da delação premiada de um dos donos da JBS na operação Lava Jato.

Nele podemos ver uma mulher exaltada, xingando os brasileiros que teriam votado em Dilma Rousseff para presidente, e afirmando que estaria se mudando para Orlando – na Flórida (USA).

O texto que acompanha o vídeo afirma que a loira seria a esposa do senador Aécio Neves (citado na delação de um dos donos da JBS), a gaúcha Letícia Weber.

Em apenas uma das publicações feitas no Facebook, o vídeo já havia alcançado mais de 11 milhões de visualizações, se tornando um dos assuntos mais comentados nas redes sociais e mais buscados no Google.
Será que a mulher do vídeo é a esposa de Aécio Neves?


Será que é ela?

Uma rápida busca através do Google Images e já podemos notar que a loira do vídeo não se parece muito com a esposa do senador, como podemos ver abaixo:

A mulher do vídeo é a jornalista Deborah Albuquerque Chlaem, que – no dia seguinte – postou um segundo vídeo onde confirma a autoria da gravação anterior:
Em entrevista ao Último Segundo, do portal IG, Deborah diz não ter se arrependido do vídeo que fez e que aquilo foi um desabafo contra a vitória de Dilma Rousseff nas urnas!

Conclusão
A mulher que aparece xingando os brasileiros em vídeo não é a esposa do senador Aécio Neves! Na verdade, a loira é uma jornalista que gravou o vídeo em 2014.

Um pastor foi comido por crocodilos ao tentar imitar Jesus? Verdade Ou mentira?

A notícia surgiu em diversos sites e blogs aqui no Brasil no dia 14 de maio de 2017 e rapidamente se espalhou através das redes sociais, indo parar no nosso grupo fechado no Facebook.

De acordo com o texto, o pastor evangélico Jonathan Mthethwa acabou sendo devorado por três crocodilos, enquanto tentava imitar Jesus andando sobre a água de um rio no Zimbábue!

A tragédia teria ocorrido no mês de março, mas somente em maio é que foi noticiado por sites de vários países. Segundo o artigo, Mthethwa teria ignorado que o fato de que o Rio Mpumalanga costuma estar infestado de crocodilos e resolveu atravesa-lo…

Segundo testemunhas, só restaram as sandálias e pedaços da roupa íntima do pastor.

Será que essa notícia é Verdadeira?


Verdade ou Mentira?
É curioso ver como um boato tem a incrível habilidade de se recriar e ressurgir novamente com uma cara nova. Em agosto de 2016, publicamos aqui no E-farsas a verdade a respeito de uma notícia falsa de um pastor sul-africano que teria morrido após jejuar por 40 dias (imitando os passos de Jesus). O texto do hoax era bastante parecido com outro boato que desmentimos um ano antes, de um pastor que teria morrido no deserto após tentar jejuar…

Notícia parecida já havia sido desmentida por nós em 2014, quando espalharam na web que um pastor africano havia morrido afogado após tentar caminhar sobre as águas (como Jesus teria feito) .

Parece que a imaginação dos criadores de boatos não está mais tão fértil, não é?

Acontece que (dessa vez) tudo começou com uma postagem feita no site de um jornal nigeriano chamado Daily Post, no dia 13 de maio de 2017, afirmando que um pastor identificado como Jonathan Mthethwa, da Igreja dos Santos Últimos Dias, queria demonstrar que era capaz de imitar um dos feitos de Jesus narrados na bíblia, tentando caminhar sobre as águas em um rio conhecido como Crocodile River.

Apesar de não citar fontes, o artigo do Daily Post virou referência para outros sites, que somente copiaram e colaram o mesmo texto que, aliás, é também apenas uma cópia descarada de outras publicações mais antigas – como essa, do National News Bulletin, de fevereiro de 2017 ou essa, de 2016, do Edaily.

Até mesmo o “erro geográfico” publicado pelo National News foi copiado (o Crocodile River – ou o Mpumalanga – não fica no Zimbábue, mas na África do Sul).
Uma busca pelo nome do pastor não nos retorna nada além de textos semelhantes a esse. É como se o pastor nunca tivesse feito nada antes de tentar imitar Jesus…

Além disso, os criadores desse boato usaram um nome bem genérico para a igreja onde a morte teria acontecido, dificultando as investigações. Outra questão importante é que não há nenhum outro detalhe que ajude a provar a veracidade da história:

Onde o fato teria ocorrido?
Quais os nomes das testemunhas?
Não há nenhuma foto da tragédia?
Ninguém filmou o culto?
Nenhum jornal local noticiou o fato?
Conclusão
Essa notícia é falsa! Trata-se de uma nova versão de outros boatos já desmentidos aqui e não tem nenhuma prova de que tenha acontecido de verdade!

Posted in Um Pastor Foi Comido Por Crocodilos? at maio 17th, 2017. No Comments.