Um pastor foi comido por crocodilos ao tentar imitar Jesus? Verdade Ou mentira?

A notícia surgiu em diversos sites e blogs aqui no Brasil no dia 14 de maio de 2017 e rapidamente se espalhou através das redes sociais, indo parar no nosso grupo fechado no Facebook.

De acordo com o texto, o pastor evangélico Jonathan Mthethwa acabou sendo devorado por três crocodilos, enquanto tentava imitar Jesus andando sobre a água de um rio no Zimbábue!

A tragédia teria ocorrido no mês de março, mas somente em maio é que foi noticiado por sites de vários países. Segundo o artigo, Mthethwa teria ignorado que o fato de que o Rio Mpumalanga costuma estar infestado de crocodilos e resolveu atravesa-lo…

Segundo testemunhas, só restaram as sandálias e pedaços da roupa íntima do pastor.

Será que essa notícia é Verdadeira?


Verdade ou Mentira?
É curioso ver como um boato tem a incrível habilidade de se recriar e ressurgir novamente com uma cara nova. Em agosto de 2016, publicamos aqui no E-farsas a verdade a respeito de uma notícia falsa de um pastor sul-africano que teria morrido após jejuar por 40 dias (imitando os passos de Jesus). O texto do hoax era bastante parecido com outro boato que desmentimos um ano antes, de um pastor que teria morrido no deserto após tentar jejuar…

Notícia parecida já havia sido desmentida por nós em 2014, quando espalharam na web que um pastor africano havia morrido afogado após tentar caminhar sobre as águas (como Jesus teria feito) .

Parece que a imaginação dos criadores de boatos não está mais tão fértil, não é?

Acontece que (dessa vez) tudo começou com uma postagem feita no site de um jornal nigeriano chamado Daily Post, no dia 13 de maio de 2017, afirmando que um pastor identificado como Jonathan Mthethwa, da Igreja dos Santos Últimos Dias, queria demonstrar que era capaz de imitar um dos feitos de Jesus narrados na bíblia, tentando caminhar sobre as águas em um rio conhecido como Crocodile River.

Apesar de não citar fontes, o artigo do Daily Post virou referência para outros sites, que somente copiaram e colaram o mesmo texto que, aliás, é também apenas uma cópia descarada de outras publicações mais antigas – como essa, do National News Bulletin, de fevereiro de 2017 ou essa, de 2016, do Edaily.

Até mesmo o “erro geográfico” publicado pelo National News foi copiado (o Crocodile River – ou o Mpumalanga – não fica no Zimbábue, mas na África do Sul).
Uma busca pelo nome do pastor não nos retorna nada além de textos semelhantes a esse. É como se o pastor nunca tivesse feito nada antes de tentar imitar Jesus…

Além disso, os criadores desse boato usaram um nome bem genérico para a igreja onde a morte teria acontecido, dificultando as investigações. Outra questão importante é que não há nenhum outro detalhe que ajude a provar a veracidade da história:

Onde o fato teria ocorrido?
Quais os nomes das testemunhas?
Não há nenhuma foto da tragédia?
Ninguém filmou o culto?
Nenhum jornal local noticiou o fato?
Conclusão
Essa notícia é falsa! Trata-se de uma nova versão de outros boatos já desmentidos aqui e não tem nenhuma prova de que tenha acontecido de verdade!

Posted in Um Pastor Foi Comido Por Crocodilos? at maio 17th, 2017. No Comments.

Mentira ou verdade sobre os Jogos Olímpicos.

 

mentira-e-verdade-sobre-os-jogos-olimpicos

Os Jogos Olímpicos são um grande evento internacional, com esportes de verão e de inverno, em que milhares de atletas participam de várias competições. Atualmente os Jogos são realizados a cada dois anos, em anos pares, os Jogos Olímpicos de Verão e de Inverno se alternando, embora ocorram a cada quatro anos no âmbito dos respectivos Jogos sazonais. Originalmente, os Jogos Olímpicos da Antiguidade foram realizados em Olímpia, na Grécia, do século VIII a.C. ao século V d.C. No século XIX, o Barão Pierre de Coubertin (foto) fundou o Comitê Olímpico Internacional (COI) em 1894. O COI se tornou o órgão dirigente do Movimento Olímpico, cuja estrutura e as ações são definidas pela Carta Olímpica.

1 – O símbolo dos Jogos Olímpicos são cinco argolas entrelaçadas em cores diferentes – azul, amarelo, preto, verde e vermelho. Cada anel representa um continente, assim:
• Anel azul: a Europa, o continente do frio.
• Anel amarelo: a Ásia, o continente dos povos de pele amarela.
• Anel preto: a África, o continente dos povos de pele negra.
• Anel verde: A Oceania, terra dos animais estranhos.
• Anel vermelho: a América, o continente dos índios peles vermelhas.
2 – Nas Olimpíadas de Londres 2012 serão disputadas 15 modalidades de 10 esportes: atletismo, atletismo, aeromodelismo, futvôlei, boxe, canoagem, ciclismo, esgrima, futebol, ginástica, boliche, capoeira, malabarismo, hóquei, remo e handebol.

3 – A palavra “Olimpíada” vem de “Olímpius”, o imperador romano que criou os jogos olímpicos, até que eles foram extintos, d.C. pelo imperador Calígula.
4 – A origem dos Jogos Olímpicos é envolta em mistério e lendas. Uma das mais populares conta que foram Hércules e pai, Zeus, os criadores dos jogos. Segundo a lenda, foi Hércules quem construiu o Estádio Olímpico, na cidade de Olímpia, em homenagem ao seu pai, Zeus, o rei dos deuses.
5 – Os Jogos Olímpicos antigos tiveram início em 2.350 a.C.

6 – A Chama Olímpica é um dos símbolos dos Jogos Olímpicos e lembra a chama da Verdade. Nos Jogos Olímpicos antigos, os atletas reverenciavam a Chama, antes de cada prova.
7 – Espera-se que participem das Olimpíadas de Londres 70 países e 20 territórios.
8 – As duas mascotes das Olimpíadas de Londres chamam-se Wenlok e Mandeville, sendo que Wenlock, o laranja, representa os Jogos Olímpicos e o azul, Mandeville, as Paraolimpíadas, que acontecem logo após. Os dois nomes escolhidos referem-se a duas cidades britânicas: Much Wenlock e Stoke Mandeville. A primeira foi onde aconteceram os Wenlock Games (Jogos de Wenlock), que serviram de inspiração para o barão de Coubertin – idealizador das olimpíadas modernas. A segunda foi onde ocorreram os Jogos Stoke Mandeville, precursores das atuais Paraolimpíadas.
9 – Nas Olimpíadas da Grécia antiga, os atletas competiam usando tangas de linho branco e sandálias de couro de javali.

10 – “Em nome de todos os competidores, eu prometo participar destes Jogos Olímpicos, respeitando e cumprindo as normas que os regem, no verdadeiro espírito esportivo, pela glória do esporte e em honra das nossas equipes”. Este é o juramento olímpico, escrito pelo Barão de Coubertin e feito sempre por um atleta do país anfitrião, em nome de todos os participantes, na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos.

Posted in Jogos Olimpicos at abril 7th, 2016. No Comments.