Verdade ou mentira que o assessor do PT ganhador da Mega-Sena comprou carro de luxo três dias antes do sorteio?

Conteúdo falso circula em sites e redes sociais. Nome informado não é de assessor do PT nem de funcionário da Câmara. Imagem usada foi tirada de reportagem sobre empresário.

Circula pelas redes sociais um texto que diz que um assessor do PT comprou um carro de luxo três dias antes de ganhar na Mega-Sena. A mensagem, reproduzida em posts nas redes sociais, é acompanhada de uma imagem com o automóvel em questão e uma pessoa à direção. É #Mentira.

O texto afirma que o nome do assessor do PT, ganhador da Mega-Sena, é Miquéias Mendonça, de 51 anos, e que recebe um salário mensal de R$ 3,5 mil. No entanto, não existe nenhum servidor com esse nome na lista de funcionários da liderança do PT.

O único Miquéias na listagem nominal de parlamentares e servidores disponível no site da Câmara dos Deputados tem outro sobrenome (e salário diferente). E trabalha no gabinete de um deputado do DEM.

O texto é acompanhado ainda de uma foto de um homem de camisa vermelha dentro de um carro de luxo. Mas o nome do homem que aparece na foto não é Miquéias Mendonça. Trata-se, na verdade, do advogado Marcelo Sixto Schiavenin, que foi dono de uma garagem de veículos de Cuiabá, suspeito de não pagar aos donos pela compra de veículos de luxo.

O conteúdo falso foi criado para dar a entender que um dos vencedores já sabia que ia ganhar o prêmio – o que não é verdade. Na quarta-feira (18), um grupo de assessores do PT ganhou um prêmio de R$ 120 milhões da Mega-Sena. A notícia foi amplamente divulgada.

Posted in Padão at setembro 23rd, 2019. No Comments.

Alfred Hitchcock ensinou a cura para o fascismo? Verdade Ou Mentira?

 

Alfred Hitchcock foi um cineasta britânico. Apesar de ter falecido em 1980, ele é considerado até hoje como um dos mais influentes da história do cinema. Conhecido como o “Mestre do Suspense”, ele dirigiu 53 longas-metragens ao longo de seis décadas de carreira. Ele também produziu material anti-nazifascista, basicamente curtas-metragens, como parte de um esforço de propaganda durante a Segunda Guerra Mundial. O material foi considerado como “muito subversivo” para ser utilizado nesse sentido. Parte de sua obra acabou sendo divulgada somente na década de 1990, quase uma década e meia após a sua morte.

Entretanto, será que ele ensinou a “cura para o fascismo” em um dos filmes que produziu? É isso que alegam algumas imagens, tanto em inglês quanto em português, que circulam nas redes sociais, ao menos desde 2017. Essas imagens são geralmente divulgadas em páginas no Facebook, nacionais e internacionais, no Twitter e no Reddit.

Verdade Ou Mentira?
O segmento onde Alfred Hitchock aparece foi tirado de contexto! Na verdade, ele estava falando sobre a insônia, não sobre o fascismo. O segmento é a introdução de um episódio intitulado “A Bullet for Baldwin“, da série “Alfred Hitchcock Presents“, exibido em 1956.

Conclusão:

O segmento onde Alfred Hitchock aparece foi tirado de contexto! Na verdade, ele estava falando sobre a insônia, não sobre o fascismo. O segmento nada mais é do que a introdução de um episódio intitulado “A Bullet for Baldwin”, da série “Alfred Hitchcock Presents”, exibido em 1956. Aliás, diga-se de passagem, a introdução possui tom humorístico, e não faz qualquer apologia ao assassinato ou suicídio.

Posted in Padão at maio 4th, 2019. No Comments.

Vídeo mostra que a Suíça é tão organizada que até as enchentes são limpas! Será? Verdade Ou Mentira?

Vídeo compartilhado nas redes sociais mostra que a Suíça é tão limpa e organizada que, quando há enchentes, as ruas continuam trafegáveis, sem barro e/ou lixo! Será verdade?

O filminho começou a se espalhar com força através de compartilhamentos nas redes sociais na última semana de novembro de 2018 e mostra carros transitando em ruas alagadas no centro de alguma cidade. O que chama a atenção nas imagens é que os automóveis parecem se mover em águas cristalinas!

O texto que se espalhou juntamente com o vídeo afirma que, “na Suíça, as ruas são tão limpas que você não vê barro e lixo na água da enchente”…

Verdade ou mentira?

O vídeo é real, mas as alegações que o acompanham são falsas!

As imagens foram capturadas, na verdade, na cidade de Boston (Massachusetts, EUA) – em março de 2018, como podemos ver no vídeo abaixo:

Conclusão

O vídeo que mostra carros passando em ruas inundadas com águas límpidas é real, mas foi filmado em Boston, após uma grande tempestade inundar parte da cidade com água do mar!

Posted in Padão at fevereiro 6th, 2019. No Comments.

O Neto do Raul Seixas cantou igual ao avô no programa Raul Gil? Verdade Ou Mentira?

É verdade que o jovem que aparece em vídeo cantando “Gita” no programa Raul Gil é neto do cantor Raul Seixas?

O vídeo tem pouco mais de 4 minutos de duração e começou a se espalhar através de grupos do WhatsApp no final de dezembro de 2018. Nele podemos ver um jovem talentoso – cuja voz se parece muito com a do “Maluco Beleza” Raul Seixas – cantando “Gita”.

O texto que acompanha a apresentação do rapazinho afirma que o cantor seria neto do Raul Seixas, o que explicaria (em parte) a semelhança na voz!


Será que esse rapaz é mesmo neto de Raul Seixas? O vídeo tem pouco mais de 4 minutos de duração e começou a se espalhar através de grupos do WhatsApp no final de dezembro de 2018. Nele podemos ver um jovem talentoso – cuja voz se parece muito com a do “Maluco Beleza” Raul Seixas – cantando “Gita”.

Verdade ou mentira?

O jovem cantor se chama Rodrigo Murbach e, apesar da sua voz ser muito parecida com a do falecido Raul Seixas, não há nenhum parentesco entre os dois.

O vídeo foi publicado no canal oficial do programa Raul Gil no YouTube em setembro de 2018 e, em nenhum momento é afirmado que Rodrigo é neto do Maluco Beleza.

Uma busca por “Netos do Raul Seixas” no Google e descobrimos que o Raulzito teve três filhas: Scarlet Vaquer Seixas, Vivian Costa Seixas e Simone Andréa Wisner Seixas.

Por

Gilmar Lopes Publicado em 29 de dezembro de 2018

  • Compartilhe
  • Tweet
  • Comentário

É verdade que o jovem que aparece em vídeo cantando “Gita” no programa Raul Gil é neto do cantor Raul Seixas?

O vídeo tem pouco mais de 4 minutos de duração e começou a se espalhar através de grupos do WhatsApp no final de dezembro de 2018. Nele podemos ver um jovem talentoso – cuja voz se parece muito com a do “Maluco Beleza” Raul Seixas – cantando “Gita”.

O texto que acompanha a apresentação do rapazinho afirma que o cantor seria neto do Raul Seixas, o que explicaria (em parte) a semelhança na voz!PUBLICIDADE

Será que esse rapaz é mesmo neto de Raul Seixas?

Verdade ou mentira?

O jovem cantor se chama Rodrigo Murbach e, apesar da sua voz ser muito parecida com a do falecido Raul Seixas, não há nenhum parentesco entre os dois.

O vídeo foi publicado no canal oficial do programa Raul Gil no YouTube em setembro de 2018 e, em nenhum momento é afirmado que Rodrigo é neto do Maluco Beleza.

Conclusão

O menino que apareceu no programa Raul Gil cantando Gita com uma voz muito parecida com a do Raul Seixas não é neto do roqueiro baiano!  

Uma busca por “Netos do Raul Seixas” no Google e descobrimos que o Raulzito teve três filhas: Scarlet Vaquer Seixas, Vivian Costa Seixas e Simone Andréa Wisner Seixas.


Reprodução/Google

Scarlet vive em uma fazendo no Alabama (EUA) e nessa entrevista ao Portal R7, ela afirma ser mãe de dois filhos (que moram com ela nos Estados Unidos).

Vivian é a mais nova das três, nasceu em 1981 e é produtora musical e DJ, escolhida como melhor DJ feminina de Deep House e Nu Disco pela DJ Sound Awards 2015. Não há informações sobre filhos.

Quanto à Simone, não encontramos muita informação sobre ela na web. O que sabemos é que essa filha do Raul também mora nos Estados Unidos e que ela trabalha com finanças (segundo que diz a irmã Scarlet).

Rodrigo Murbach

O jovem paranaense Rodrigo Murbach tem 17 anos e é – como dá pra perceber – muito fã de Raul Seixas. Nessa reportagem do Portal Terra Roxa, podemos conhecer mais sobre esse talento:

Posted in Padão at fevereiro 6th, 2019. No Comments.

A enfermeira que atropelou cachorros em São Luís foi espancada pelos vizinhos? Verdade Ou Mentira?

É verdade que a enfermeira que apareceu em um vídeo atropelando dois cachorros em uma rua de São Luís (MA) foi espancada pelos vizinhos?

A notícia surgiu na segunda quinzena de agosto de 2018 e afirma que a mulher que foi flagrada em vídeo atropelando dois cachorros em São Luís (MA) deu entrada no hospital com múltiplos ferimentos após ser linchada por moradores revoltados.

Os agressores, segundo o que diz na notícia, eram moradores locais que estavam inconformados com o crime cometido pela enfermeira, dias antes.

Será que essa história é real?

Verdade ou mentira?

No dia 14 de agosto de 2018, uma mulher foi flagrada atropelando dois cachorros que estavam no meio da rua, em um bairro de São Luis (MA). As cenas foram gravadas por câmeras de segurança e o vídeo viralizou nas redes sociais.

Dois dias depois, a mulher se apresentou espontaneamente e prestou depoimento à Polícia, afirmando que o atropelamento ocorreu sem querer, que ela não tinha intenção de ferir os bichos e que o propósito era o de afastar os cachorros da rua.

Como o assunto ficou “famoso”, alguns sites especializados em criar fake news se aproveitaram do tema e a falta de imaginação desse pessoal parece levá-los ao caminho já conhecido aqui no E-farsas: Inventar que a pessoa “que tá todo mundo odiando” foi espancada e que a “justiça” foi feita.

A notícia afirmando que a enfermeira que foi filmada atropelando 2 cachorros teria sido linchada por moradores locais surgiu em uma publicação feita no site O Detetive, já conhecido aqui por disseminar notícias falsas. Foi esse mesmo site que espalhou a fake news afirmando que um torcedor do Flamengo teria trocado uma noite de amor com a sua esposa por um ingresso para ver um jogo do seu time, dentre várias outras.

A imagem

A foto que acompanha a “notícia” mostra uma mulher com o rosto machucado, mas uma busca reversa pela imagem revela que a moça da fotografia é uma baiana que denunciou no Facebook, em julho de 2016, agressões que vinha sofrendo pelo marido.

Conclusão

A notícia afirmando que a mulher que atropelou dois cachorros em São Luís foi linchada pelos vizinhos é falsa!

Posted in Padão at janeiro 16th, 2019. No Comments.

É #MENTIRA que pagamento antecipado de DPVAT garante desconto

Mensagem em redes sociais fala em valor menor para pagamento antecipado. Diferença de valor ocorre apenas entre categorias de veículos.

Circula pelas redes sociais uma mensagem que diz que quem pagar o seguro DPVAT obrigatório “hoje” terá de desembolsar apenas R$ 16,21, valor válido apenas para esta data, porque, “depois de hoje”, o valor voltará ao normal, de R$ 96. A mensagem é #MENTIRA.

DPVAT é a sigla para Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre. A atual responsável pela administração do Seguro DPVAT é a Seguradora Líder-DPVAT, que tem o objetivo de assegurar à população, em todo o território nacional, o acesso aos benefícios do seguro.

Procurada pela equipe, a seguradora Líder informa que a informação que circula nas redes sociais é falsa. A Líder explica que os valores do Seguro DPVAT são definidos pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) e são válidos para todo o Brasil.

“A variação de valores existe apenas entre categorias de veículos. Portanto, a afirmação de que há descontos nos valores do Seguro DPVAT para pagamento antecipado é incorreta”, diz a nota.

O DPVAT é um seguro obrigatório, pago por todos os proprietários de veículos no Brasil e seus valores são válidos para todo o ano. O calendário de pagamento segue o vencimento da cota única ou 1ª parcela do IPVA, de acordo com o estabelecido pelas secretarias de Fazenda de cada estado.

Fonte: G1

Posted in Padão at janeiro 9th, 2019. No Comments.

NASA adiciona signo ao Zodíaco: verdade ou mentira?

nasa-adiciona-signo-ao-zoadiaco-verdade-ou-mentira

Depois de anos de estudo na área de astrologia, astrólogos e simpatizantes são pegos de surpresa pela possível mudança causada pela NASA nos signos astrológicos do zodíaco.
Não, na verdade a agência não alterou nada! Esses rumores surgiram quando uma parte da mídia respondeu aos comentários que a NASA de súbito publicou uma nova tabela adicionando o 13º signo ao horóscopo.

A pergunta que não quer calar após a divulgação da notícia sobre a suposta mudança no horóscopo é a seguinte: por qual razão a NASA faria isso? Esse verdadeiro “erro cômico” parece ter se originado em interpretações malfeitas encontradas na página educacional infantil online – NASA Space Place. Neste site, a NASA explica, além da história da astronomia, como a tabela de signos de Zodíaco foi construída pelos babilônios há mais de 3.000 anos.
Segundo o site, ao longo de milhares de anos, desde a criação dos horóscopos, a posição das constelações tem alterado um pouco devido ao desvio do eixo da Terra. Segundo a teoria científica apresentada na página, as constelações já não podem ser vistas nos seus pontos de origem.

Ao mesmo tempo, o site traça uma diferença entre as duas ciências – astronomia e astrologia: “A astronomia é um estudo científico de tudo o que está no espaço. Astrônomos e outros cientistas sabem que estrelas, situadas à distância de muitos anos-luz, não influenciam em atividades comuns dos seres humanos na Terra. A astrologia é outra coisa. Não é uma ciência”, diz o artigo.

Mas caso a afirmação fosse verdade, surge uma questão pertinente: se existisse um 13º signo, o que aconteceria com os 12 já existentes? Claro que todas as datas teriam que mudar e os signos de Escorpião e Leão virariam Touro e Gêmeos.
É a mesma coisa que imaginar que nossos pais não sejam nossos, ou que tudo o que nós consideramos verdadeiro seja uma grande mentira. Com informações do Sputnik Brasil.

Posted in Padão at setembro 23rd, 2016. No Comments.

Escovas de Dentes, Verdade ou Mentira Sobre Elas.

escova-de-dentes-verdade-ou-mentira-sobre-elas

A escova de dentes é um dos acessórios que mais usamos na vida, mas continua uma ilustre desconhecida: muita gente não sabe como conservar corretamente, como se deve fazer a higienização ou ainda se por meio dela é possível pegar doenças. Confira nessa reportagem o que é verdade ou mentira sobre a nossa companheira escova.
· É preciso trocar a escova de dente a cada três meses – Verdadeiro: segundo Celso Minomi, especialista em ortodontia em diretor da GOU Franquias, “uma escova tem uma duração média de dois a três meses. A troca de escova é recomendada assim que as cerdas apresentam curvatura, pois isso diminui a eficiência da higienização bucal”.
· Escova de cerdas duras é a que limpa melhor – Falso: o ideal é que a escova tenha cerdas macias ou extra-macias porque a remoção da placa bacteriana é resultado dos movimentos e não da força que se aplica durante a escovação.
· É preciso trocar de escova de dentes depois de uma gripe –Falso: Adriana Dalboni (CRO-SP: 73 255), cirurgiã-dentista e especialista em ortodontia, informa que não há estudos que comprovem a necessidade da troca de escova após a gripe. “A própria saliva possui anticorpos que podem ajudar no combate ao vírus da gripe. E em uma infecção viral os remédios teriam ação, apenas para controle dos sintomas causados pelo vírus como febre, congestão nasal e desconforto/ mal-estar. Independente do que se faça o ciclo de vida do vírus é de uma semana”, acrescenta ela.
· A escova precisa ser higienizada de tempos em tempos – Verdadeiro: “A escova é como se fosse uma esponja. Quando lavamos um prato ficam resíduos na bucha, se não houver a limpeza da esponja, lá ficarão alimentos em estado de decomposição. A recomendação é higienizar a escova com água oxigenada a 10 volumes ou fazer a imersão em antisséptico bucal para eliminar todos os germes”, orienta Celso. No dia a dia, após a escovação lave com água abundante, sem passar o dedo nas cerdas, e remova o excesso. Outra dica importante é usar um protetor com espaço para ventilação para evitar que as cerdas recebam as bactérias do ambiente.

Posted in Escova De Dentes, Padão at setembro 12th, 2016. No Comments.

O pior é que é verdade » Luis Fernando Veríssimo lança coletânea de crônicas ‘As mentiras que as mulheres contam’

luis-fernando-verissimo-lança-coletanea-de-cronicas-as-mentiras-que-as-mulheres-contam

Autor busca repetir sucesso da versão masculina com livro que chega amanhã às lojas.Tem aquela da mulher que paga uma fortuna numa Louis Vuitton e, ao descobrir uma amiga que gastou uma pechincha por uma bolsa falsa, porém exatamente igual à sua, resolve mentir. Tem ainda o caso de uma fulana carente que leva um cego para casa, faz dele seu amante e acaba causando uma tragédia. E tem também uma outra que fala que é muito mais velha só para acharem que ela é muito mais nova.

Mulher mente por qualquer razão. E os homens, desde a mais tenra infância, aprendem a conviver com isso. “’Olha o aviãozinho!’ A primeira mentira. Ela querendo nos convencer de que o que tinha na mão não era uma colher com papinha, mas um avião. Um avião!”

É dessa maneira que Luis Fernando Verissimo dá a partida para sua nova coletânea de crônicas. Nas livrarias a partir desta quarta-feira, As mentiras que as mulheres contam (Editora Objetiva), é uma resposta ao best-seller de 15 anos atrás, As mentiras que os homens contam (500 mil exemplares vendidos). As 48 crônicas que recheiam o livro foram garimpadas pela editora do extenso material publicado na imprensa. Somente o texto introdutório (o do aviãozinho), que amarra o livro, é inédito.

Aos 79 anos, o marido de Lúcia (a primeira namorada séria) há 52, pai de Fernanda, Mariana e Pedro e avô de Lucinda, é um dos escritores mais populares do país. Também cartunista, tradutor, roteirista, dramaturgo, saxofonista, romancista bissexto (com seis títulos publicados), fez da crônica seu principal ofício.
Escrevendo semanalmente para três jornais, Verissimo versa com a mesma facilidade sobre temas áridos tanto quanto os corriqueiros. Nessa coletânea, que vem se somar a 60 livros publicados, ele fala de temas comezinhos, mas que fazem parte da vida de homens e mulheres.

É o orgasmo fingido, o presente passado para a frente, a mentira para ganhar um afago do marido, aquela desculpa esfarrapada que não faz mal a ninguém. Na entrevista a seguir, concedida ao Estado de Minas por e-mail, Verissimo mantém nas respostas o estilo de suas crônicas: curtas, certeiras e inspiradas.

‘‘Prefiro escrever, com tempo para pensar e não dizer bobagens’’

Em que situação uma mulher não mente?
Dormindo.

Quem mente mais: o homem ou a mulher?
Acho que é o homem, mas mulher é mais criativa.

O senhor está casado há mais de 50 anos. Um casamento só funciona com mentiras?
Eu nunca menti para a minha mulher, só omiti a verdade algumas vezes.

Qual foi a última mentira que o senhor disse?
Eu não minto. Esta é a primeira vez.

No Brasil de hoje ainda há motivos para rir?
O Brasil às vezes é desanimador, mas nunca deixa de ser engraçado. Muitas vezes no mau sentido.

Escrever hoje, para o senhor, é algo mais complicado do que há 20 anos?
Escrever fica cada vez mais difícil. Exigimos cada vez mais de nós mesmos e a autocrítica aumenta. Eu escrevia mais, antigamente. Não sei se fiquei mais conciso ou mais preguiçoso.

Dos seus livros, de qual o senhor mais gosta?
O analista de Bagé (1981). Não por ser diferente dos outros, mas por ser o primeiro que chamou a atenção.

Tem ideia de quantas crônicas o senhor já escreveu?
Já perdi a conta. Mesmo. A crônica sai com facilidade ou custa a sair, depende do assunto e da abordagem. Na minha experiência, as que dão mais trabalho são as que têm menos repercussão.

O que uma boa crônica deve trazer?
Antes de mais nada, deve ser atraente. É literatura de consumo rápido, ou pega o leitor ou ele escapa.

O senhor escreve muito e fala pouco. Escrever é melhor do que falar?
Prefiro escrever, com tempo para pensar e não dizer bobagens. Ou menos bobagens. Mas, na verdade, eu não falo pouco. São os outros que falam muito.

O que o senhor ainda espera da vida?
Eu sonhava em ser eterno, mas já me convenci de que não vai dar.

Citações e textos atribuídos ao senhor existem a perder de vista na internet. Isso, de alguma maneira, o incomoda?
Não há o que fazer para evitar os textos apócrifos. Alguns são até bons, e aí eu agradeço os elogios. Frequento pouco a internet. Acho que as redes sociais, muitas vezes, revelam o que há de pior nas pessoas. E o ódio é sempre triste.

O que é pior: fazer uma palestra ou dar uma entrevista ao vivo?
Empatam.

As mentiras que as mulheres contam
De Luis Fernando Verissimo.
Objetiva, 184 páginas, R$ 34,90 (livro) e R$ 23,90 (e-book).

Crônica

E por falar em festa…

“– Minha filha, você me deu sua palavra que a sua festa ia acabar às duas horas Crônica

E por falar em festa…

“– Minha filha, você me deu sua palavra que a sua festa ia acabar às duas horas.
– E acabou, papai.
– Sim, mas às duas da tarde! Nós estávamos almoçando, hoje, e ainda estava chegando gente pra festa de ontem!
– É que a turma se excedeu um pouco, papai, qualé?
– Outra coisa, você jurou que seus amigos iam ficar na sala e não invadiriam os outros aposentos.
– E então?
– Então que eu fui acordado no meio da noite por um cabeludo me perguntando se não tinha vodca em casa.
– Ele se perdeu, só isso.
– Tudo bem. Mas ele precisava me chamar de ‘sô do pijama’?
– Papai…
– E mais. Eles quis tirar sua mãe da cama para dançar.
– Qual é o problema?
– E ela foi.”
[adrotate banner=”5″]

Posted in Padão at outubro 6th, 2015. No Comments.

Mitos e verdades sobre a enxaqueca

Cerca de 95% das pessoas terão, no mínimo, uma crise de enxaqueca ao longo da vida. No entanto, há muitas dúvidas sobre o que realmente desencadeia esse mal. O médico neurologista e pesquisador do Hospital Israelita Albert Einstein, André Felicio, lista dez mitos e verdades sobre as causas da enxaqueca. Confira:

1) A enxaqueca melhora durante a gravidez?

Verdade: caracteristicamente, a enxaqueca é muito mais frequente em mulheres do que homens, justamente porque nelas as flutuações hormonais, em uma pessoa suscetível, servem como fator desencadeante e agravante da dor. Durante a gestação, entretanto, a maioria das mulheres experimenta um alívio das suas crises, em particular, no segundo e terceiro trimestres.

2) A enxaqueca é sempre hereditária?

Mito: embora existam casos de enxaqueca claramente familiares, como a conhecida e rara síndrome da enxaqueca hemiplégica familiar, é comum que indivíduos desenvolvam episódios de enxaqueca, esporádicos ou crônicos, sem que existam membros na família com uma dor semelhante.

3) Toda dor de cabeça que pulsa ou lateja é uma enxaqueca?

Mito: de acordo com os critérios diagnósticos para enxaqueca, o fato de a dor ser pulsátil ou latejante reforça tratar-se desta síndrome. Entretanto, é perfeitamente possível que um indivíduo tenha enxaqueca e sua dor não seja pulsátil, apresentando, porém, outras características da enxaqueca, por exemplo, sintomas de um lado só da cabeça, intensidade da dor moderada a forte e piora com exercício ou atividade física.

4) Existe uma dieta para enxaqueca?

Verdade: existem alimentos que caracteristicamente estão associados à enxaqueca, por exemplo, queijos amarelos e outros derivados do leite, produtos enlatados, molho vermelho, bebidas alcoólicas, etc. Cabe ressaltar que esta lista de alimentos pode desencadear dor em alguns indivíduos, mas não em outros, ou seja, existem variações individuais.

5) A enxaqueca só acontece em adultos?

Mito: a enxaqueca pode aparecer em qualquer faixa etária e pode ocorrer pela primeira vez em indivíduos acima de 60 anos. Entretanto, esta não é uma situação comum e, normalmente, o médico responsável sugere investigação complementar por imagem, a fim de excluir outras causas potencialmente mais graves e que iniciam na terceira idade.

6) Uso excessivo de remédios para dor de cabeça podem provocar ainda mais dor?

Verdade: existem diversas estratégias para tratar a enxaqueca, mas uma das principais é cortar o uso excessivo, muitas vezes abusivo, dos analgésicos. Isto perpetua um ciclo vicioso de sensibilização periférica e central, leva a efeito rebote e auxilia a perpetuar a enxaqueca.

7) Existe enxaqueca sem dor?

Verdade: esta é uma situação incomum e curiosa. Sabemos que uma minoria dos indivíduos com enxaqueca pode desenvolver um tipo especial, conhecida por enxaqueca com aura. Este fenômeno nada mais é que um sinal neurológico focal que normalmente antecede a dor como, por exemplo, a aura visual, na qual o indivíduo tem alterações visuais e só depois de 10 a 15 minutos desenvolve a crise propriamente dita. Ocorre que pouquíssimos indivíduos que têm enxaqueca com aura podem desenvolver algumas crises com aura, mas sem a dor. Este fenômeno é conhecido como aura sem enxaqueca, uma situação na qual só existem os sintomas neurológicos focais (escotomas cintilantes, por exemplo), sem dor.

Posted in Padão at junho 28th, 2013. No Comments.