Verdade ou Mentira – O Dr. Hildon já foi preso? Leo Moraes já foi cassado?

verdade-ou-mentira-o-dr-hildon-ja-foi-preso-leo-morales-ja-foi-cassado

Uma guerra tomou conta das redes sociais nesta terça-feira (4). Correligionários dos candidatos que irão disputar 2ª turno, Leo Moraes (PTB) e Dr Hildon (PSDB) partiram para ataques virtuais.

Do lado dos tucanos, a pancada comeu para o lado do trabalhista. Viram-se postagens afirmando que Leo Moraes já sofreu processo de cassação, assim como seu falecido pai, que mesmo já morto, virou alvo dos militantes do Hildon. Também acusam o deputado de ter feito coligação para o segundo turno com Mauro e Roberto.

VERDADE – Leo Moraes realmente sofreu processo de cassação por ação da MPE – Ministério Público Eleitoral. Na ação, detectou que no sindicato de delegados foi feita uma arrecadação de recursos para doação a campanha de deputado. Nesta ação, Leo foi absolvido. Em relação a coligação com Mauro e Roberto, o candidato disse que não passa de mentiras tucanas.

Do outro lado, surgiu um fato que está causando duvida na população. Uma imagem do ex-promotor Hildon na central de policia por uma suposta prisão na operação Lei Seca.

16 governadores lançam apoio à Dilma contra o impeachment, verdade ou mentira?

16-governadores-lançam-apoio-a-dilma-contra-o-impeachment-verdade-ou-mentira

Nesta segunda-feira começou a divulgação de uma notícia em que 16 governadores estavam apoiando Dilma contra o impeachment. Será isso verdade ou mentira?

A publicação foi compartilhada por milhares de pessoas no Facebook e Twitter. A grande maioria destes compartilhamentos são de usuários da internet que são, segundo eles, contra o golpe. Analisamos se é verídico essa informação ou não e podemos constatar que é verdade, porém o apoio foi em dezembro de 2015, antes de serem divulgados as interceptações nas ligações do ex-presidente Lula com Dilma.

Na oportunidade os governadores se reuniram no Planalto no dia 08 de dezembro de 2015 e juntos realizaram uma carta aberta para população onde o conteúdo se mostrava contra o impedimento da presidente.Atualmente as coisas mudaram de figura. Dois partidos já deixaram a base aliada do Governo, além do PMDB, maior força do política para o PT, já sinalizar que deixará a situação no final deste mês.

O Presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), disse a interlocutores que não tem condições de barrar o afastamento da presidente Dilma Rousseff do cargo caso a Câmara dos Deputados tome essa decisão. Segundo Calheiros, haverá uma “onda” que certamente resultará na cassação da presidente.
Conclusão

A notícia é verdadeira, porém é de uma data retroativa. Hoje o patamar está totalmente diferente.

[adrotate banner=”5″]

Posted in Apoio A Dilma Contra O Impeachment at março 30th, 2016. No Comments.