Neosoro: Verdades e Mentiras.

O Neosoro, assim como outros descongestionantes nasais, são remédios adorados por algumas pessoas e visto com maus olhos por outras. Esse tipo de medicação é bastante conhecida entre os portadores de doenças respiratórias das vias superiores, como a rinite alérgica, e é cercado de vários boatos. Esclareça as principais dúvidas sobre o assunto e conheça os mitos e verdades sobre o Neosoro.

neosoro-verdades-e-mentiras-imagem-01
O Neosoro ajuda a dissolver o catarro:
Mito. Diferente do que a maioria das pessoas pensa o nariz não entope pelo excesso de secreção acumulada, e por isso simplesmente assuar o nariz não é uma medida capaz de solucionar o problema. O fato é que o processo inflamatório da alergia, resfriado ou gripe é capaz de provocar uma dilatação dos vasos sanguíneos que irrigam a mucosa nasal, resultando em um inchaço, que provoca obstrução do fluxo de ar. Esse é um processo natural que funciona como forma de defesa, para que o organismo seja capaz de eliminar todos os germes causadores do problema.

Os descongestionantes simulam a ação da adrenalina:
Verdade. Os descongestionantes possuem substâncias que atuam de maneira muito semelhante à adrenalina, mas a um nível local, com mínimos efeitos sistêmicos. Esse fármaco atua provocando a contração dos vasos sanguíneos do nariz, desobstruindo quase que instantaneamente a via respiratória.

neosoro-verdades-e-mentiras-imagem-02

O Neosoro vicia?
Mito. O vício é algo completamente diferente e que não acontece com o Neosoro. Na verdade o que ocorre é que, com o uso frequente do produto, a musculatura dos vasos vai deixando de responder ao medicamento, sendo necessário o uso de doses cada vez maiores para se obter o mesmo efeito. Essa dependência do medicamento recebe o nome de “rinite medicamentosa”, mas não chega a ser considerada um vício.
O uso prolongado de Neosoro faz mal à saúde:
Verdade. Se utilizado por mais de 3 dias consecutivos, a mucosa nasal, que inicialmente não absorve o fármaco deixando seus efeitos limitados à região utilizada, passa a absorvê-lo cada vez mais. O resultado é que o remédio acaba indo parar na corrente sanguínea, podendo provocar uma série de problemas à distância, como aumento da frequência cardíaca e da contração dos vasos sanguíneos, levando à hipertensão arterial e sobrecarga cardíaca.

neosoro-verdades-e-mentiras-imagem-03
Apesar de ser um dos remédios mais consumidos no Brasil e aparentemente inocente, o Neosoro, bem como outros descongestionantes nasais com vasoconstritor, devem ser usados com cautela e podem ter efeito maléfico se as recomendações médicas não forem seguidas à risca. Apesar de não viciar, esse remédio é capaz de causar uma dependência, uma vez que serão necessárias doses cada vez maiores para respirar com alívio.
[adrotate banner=”5″]

Posted in Saúde at novembro 13th, 2015. No Comments.