Foto da apresentadora do Jornal Nacional, Renata Vasconcellos, comemorando aniversário com amigo em meio à pandemia é mentira!!!

Imagem, na verdade, foi feito em 2019, no aniversário de 50 anos do Jornal Nacional.

Imagem, na verdade, foi feito em 2019, no aniversário de 50 anos do Jornal Nacional.

Circula pelas redes sociais uma imagem que mostra jornalistas e apresentadores do Jornal Nacional em uma festa. As imagens são acompanhadas de uma legenda que diz: “Aniversário da Renata Vasconcellos. Cadê o distanciamento? Cadê as máscaras?” A mensagem é #MENTIRA.

A imagem não é de 2020, após o início da pandemia do novo coronavírus, que faz com que todos tenham de usar máscaras e manter o distanciamento social, como preconizam as autoridades de saúde em todo o mundo.

Na verdade, as imagens são do aniversário de 50 anos do Jornal Nacional, comemorado em setembro de 2019.

Renata Vasconcellos fez aniversário em 10 de junho. No dia de seu aniversário neste ano, aliás, um fato triste virou notícia: um homem armado com uma faca invadiu a TV Globo e rendeu a repórter Marina Araújo exigindo falar com Renata. Apesar do susto, tudo terminou bem e o homem acabou preso.

Posted in Padão at agosto 5th, 2020. No Comments.

Presidente da Câmara Rodrigo Maia crítica à ideia de uso do Fundo Eleitoral no combate ao coronavírus? Verdade ou mentira?

É MENTIRA!!!

Post não foi feito pelo presidente da Câmara. Usuário não é o utilizado pelo político. Maia fez desmentido em seu perfil verificado no Twitter.

Circula pelas redes sociais prints de uma conta do Twitter atribuída ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, com a afirmação: “Desviar o dinheiro do Fundão Eleitoral para outros fins é prejudicial à democracia. Devemos manter este pilar intacto nem que isto custe a vida de alguns brasileiros. #FundaoEDemoctacia”. É #MENTIRA.

Maia tem uma conta verificada no Twitter, na qual desmente a postagem. “Fake news é coisa de covarde. Criaram uma conta falsa com meu nome para desinformar e mentir. Pra esses pistoleiros digo: os cães ladram, mas a caravana passa. Vamos em frente que temos uma crise grave (que eles não acreditam porque a terra é plana e o vírus é conspiração)”, afirma.

A conta verificada de Maia tem o endereço @RodrigoMaia. A conta fake é diferente. Além de não ter o selo de verificação, em que a rede social atesta a autenticidade da conta, apresenta o endereço @RobrigoMaia, em que a letra “B” toma o lugar da letra “D” no prenome do deputado.

Posted in Padão at abril 6th, 2020. No Comments.

Foto do Lula com irmão de Adélio Bispo: Verdade ou mentira?

Homem ao lado do ex-presidente é, na verdade, o médico Marcos Heridijanio, que foi candidato a deputado federal pelo PT em Pernambuco em 2018.

Circula pelas redes sociais uma foto que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com uma criança no colo ao lado de um casal. Uma legenda que acompanha a imagem diz que o homem é irmão de Adélio Bispo. A mensagem é #Falsa.

O homem na foto é, na verdade, o médico Marcos Heridijanio, que foi candidato do PT a deputado federal por Pernambuco em 2018. A foto usada na mensagem falsa está na página pessoal dele no Facebook desde novembro de 2019.

Ele também fez um vídeo em que fala do boato. “Essa semana eu sofri um ataque covarde. Achei uma covardia usarem meu filho e minha mulher numa foto montada dizendo que eu sou irmão do Adélio Bispo”, diz.

Segundo documentos do Tribunal Superior Eleitoral, o nome do médico é Marcos Heridijanio Moura Bezerra, nascido em São José do Belmonte, em Pernambuco, filho de Francisco Francelino Bezerra e Maria Carmeneide de Moura Bezerra. Não há nenhum parentesco entre ele e Adélio.

Adélio é filho de João José de Oliveira e Maria Bispo Ramos de Oliveira. Além disso, os irmãos de Adélio moram em Minas Gerais. Já o médico reside em Petrolina (PE).

Adélio é o autor da facada no presidente Jair Bolsonaro durante a campanha presidencial de 2018. Os irmãos de Adélio, que até hoje temem represálias e receiam ser expostos, dizem que tentam continuar a vida após o atentado.

Adélio foi considerado inimputável pela Justiça, ou seja, não pode ser punido criminalmente, por ter doença mental. A prisão foi convertida em internação por tempo indeterminado. Pela decisão, ele deve permanecer num presídio de Campo Grande (MS).

Posted in Padão at janeiro 8th, 2020. No Comments.

Verdade ou mentira que doce turco é vendido no Brasil com pílulas que causam paralisia?

Imagens circulam em redes sociais, inclusive de outros países. Produto não é exportado para o Brasil; outros detalhes denotam falsidade do vídeo. Fabricante afirma que material é ‘irreal e ilusório’ e tem como objetivo difamar a marca.

Circula pelas redes sociais um vídeo em que uma pessoa abre a embalagem de um doce, divide a bisnaga em pedaços e mostra logo depois duas pílulas brancas. Uma legenda que acompanha o vídeo diz: “Esse biscoito turco tem 2 comprimidos que causam paralisia. Já chegou ao Brasil. Não comprem e espalhem essa mensagem”. É #MENTIRA.

O produto não é exportado para o Brasil. Além disso, há outros detalhes que denotam a falsidade do vídeo.

A empresa Sölen, que fica na Turquia e produz o bolinho, afirma que o vídeo é “irreal e ilusório”. A fabricante diz que a mensagem tem como único objetivo difamar a marca.

A empresa afirma ainda que segue normas rígidas de produção e passa regularmente por organizações de inspeção independentes com relação à segurança alimentar.

A mensagem tem circulado em outros idiomas e versões. Uma delas, em turco, diz que os doces contêm drogas. A conta da ?ölen no Twitter sugere, inclusive, um texto publicado em uma agência turca de verificação de fatos com maiores explicações sobre o caso.

O texto da agência de checagem turca Teyit aponta para um truque. Diz que, se o vídeo for examinado cuidadosamente, será notada a deformação no bolo, o que indica que as pílulas foram inseridas de propósito.

A agência também aponta que a voz no fim do vídeo revela o dialeto Sorani, uma das línguas oficiais do governo regional do Curdistão iraquiano – sinal de que o vídeo foi gravado no país do Oriente Médio.

Outro detalhe que revela que o vídeo foi gravado no Iraque é a imagem, ao fundo, de um outro produto – uma ave congelada – exportado pela Turquia e que tem o Iraque como principal mercado consumidor.

Por fim, a agência mostra o resultado de uma análise realizada por auditores independentes afirmando que o produto não apresenta nenhuma irregularidade.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) diz não ter recebido nenhuma denúncia ou informação de ocorrência a respeito desse produto.

 

Posted in Comida, Doce at novembro 21st, 2019. No Comments.