Homem contrata garota de programa e descobre que ela é a sua esposa! Será? Verdade Ou Mentira?

Será verdadeira a notícia afirmando que um capixaba tomou um grande susto ao descobrir que a garota de programa que ele havia contratado era a sua esposa?

A notícia surgiu em diversos sites e blogs na segunda quinzena de junho de 2018 e rapidamente se espalhou também nos grupos do WhatsApp. De acordo com o texto, um homem de 46 anos de Bom Jesus do Norte (ES) teria contratado uma prostituta através de um serviço online, descobrindo (na hora do “vamo ver”) que a garota de programa era nada mais nada menos que a sua própria esposa!

O homem, que não teve a identidade revelada, estava casado há 17 anos e nunca desconfiou de nada, segundo o que diz na reportagem.

Será verdadeira a notícia afirmando que um capixaba tomou um grande susto ao descobrir que a garota de programa que ele havia contratado era a sua esposa?

Será que isso é verdade ou mentira?

Verdade ou mentira?
A reportagem não cita nomes, datas e tampouco dá provas da veracidade dos dados informados. Todas as publicações são derivadas de uma única postagem (que também não dá nenhuma prova de nada).

Lembrando que já publicamos aqui em novembro de 2016 a notícia falsa de uma garota de programa que teria fugido de um motel quando descobriu que seu cliente era o seu próprio namorado. A fake news foi uma brincadeira do site humorístico G17!
No dia 15 de junho de 2018, o jornal do Espírito Santo publicou em seu site a notícia do sujeito que teria descoberto da pior maneira que a sua própria esposa era uma garota de programa. A publicação foi apagada após os editores descobrirem que a história era falsa, mas a internet não esquece!Cada site que publicou essa notícia falsa usaram uma fotografia diferente para “ilustrar” a matéria. A imagem mais usada é uma que mostra um casal sentado em uma cama. Ela com as mãos entre as pernas e ele com uma das mãos tampando o rosto. Na verdade, essa fotografia é de agosto de 2014 e foi tirada na China, durante uma batida policial em um motel.

De acordo com a mídia chinesa, o casal de namorados foi confundido com um cliente e uma prostituta (a prostituição é um crime lá) e, após prestar depoimento, ambos foram liberados!

Outra das fotos usadas nessa fake news é de 2017 de um site de encontros e nada tem a ver com essa história:

Variações:
Ao mesmo tempo que essa história se espalhava pela web, outra versão corria lado a lado com uma “notícia” parecida. A diferença é que, dessa vez, o cliente teria contratado uma prostituta sem saber que ela era a sua própria filha!

Acontece que essa é uma versão brasileira de uma fake news nascida em inglês e, na versão de lá, o caso teria ocorrido no Zimbabwe.

Conclusão:
A notícia afirmando que um homem teria descoberto que a garota de programa que ele havia contratado era a sua própria esposa é falsa!

Foto Mostra Cachorro no Carrinho e Criança na Coleira! Verdade Ou Mentira?

Inversão de valores? Será que a imagem de um cachorrinho sendo levado em um carrinho de bebê e uma criança sendo levada na coleira é verdadeira ou falsa?

A foto apareceu nas redes sociais no final da primeira quinzena de novembro de 2016 e mostra uma situação um tanto inusitada: Enquanto uma mulher caminha pelo shopping com o seu cãozinho em um carrinho de bebê, outra mulher conduz uma criança presa a uma coleira!

Só no Facebook a fotografia foi compartilhada milhares de vezes, além de inúmeros comentários indignados com a cena.

Mas será que essa imagem é verdadeira ou falsa?

foto-mostra-cachorro-no-carrinho-e-crianca-na-coleira-verdade-ou-mentira

Verdade ou farsa?
A imagem foi usada para ilustrar uma reportagem publicada pela Revista do Correio e foi reproduzida no blog do jornal Correio Brasiliense no dia 13 de novembro de 2016. A matéria fala sobre ao novo conceito Pet Friendly (onde o cliente pode visitar levando seu animal de estimação) que está sendo adotado por vários shoppings e restaurantes no Brasil.

A fotografia foi tirada por Jhonatan Vieira, a serviço da CBFotografia, e é real!

A polêmica da coleira:
Quanto ao fato da criança usando coleira, trata-se de uma mochila usada há muitos anos – principalmente fora do Brasil, como podemos ver nessa matéria do site Vila Mulher. Abaixo, um exemplo desse acessório, à venda na Amazon:

foto-mostra-cachorro-no-carrinho-e-crianca-na-coleira-verdade-ou-mentira-01

Conclusão
A foto é verdadeira!

Em Editorial,veja diz ser verdade suas mentiras!

em-editorial-veja-diz-ser-verdade-sua-mentira

Processado pelo ex-presidente Lula, o jornalista Eurípedes Alcântara, diretor de Veja, justifica a capa da semana passada da revista, sobre uma suposta delação premiada do empresário Léo Pinheiro, negada por ele e pela OAS; “Se Veja não tivesse publicado sequer uma linha do que Léo Pinheiro quer contar em sua delação premiada, os fatos relatados aos procuradores permaneceriam os mesmos. Lula estaria no melhor dos mundos se sua maior dor de cabeça fosse a perseguição que imagina mover contra ele a imprensa”; reportagens que fomentam o ódio a Lula, como tem sido feito por Veja há mais de uma década, redundaram no ato terrorista contra o Instituto Lula; na ação contra a revista, os advogados do ex-presidente qualificaram a reportagem como “repugnante”; na mesma semana em que acusou Lula, Veja foi também desmoralizada por ter publicado uma fraude contra o senador Romário.

Uma semana depois de ter sido desmascarada e posteriormente processada por conta de uma reportagem baseada em uma delação falsa, a revista Veja reafirma os fatos publicados no editorial da edição deste fim de semana. Diretor da publicação da Abril, o jornalista Eurípedes Alcântara justifica que são verdadeiras as revelações de uma suposta delação premiada do empresário Léo Pinheiro, da OAS, e lembra que a revista “narrou detalhes” na edição de abril “sem ser contestada”. “Se Veja não tivesse publicado sequer uma linha do que Léo Pinheiro quer contar em sua delação premiada, os fatos relatados aos procuradores permaneceriam os mesmos.

Lula estaria no melhor dos mundos se sua maior dor de cabeça fosse a perseguição que imagina mover contra ele a imprensa. Seria uma maravilha para Lula se as reportagens que o incomodam fossem apenas invencionices de jornalistas mal-intencionados a serviço de causas ingratas (…). Mas, infelizmente para Lula, seu grande problema são fatos produzidos durante seu governo”, diz trecho do texto. Alcântara destaca ainda que a ação apresentada pelo ex-presidente Lula na Justiça contra o que a defesa do petista chamou de “mentiras” é “a clássica manobra de atirar no mensageiro, quando o que se quer suprimir é a mensagem”.

Na ação, os advogados de Lula classificam a reportagem como “repugnante”. “Se por feitiçaria todas as revistas e jornais que desagradam a Lula desaparecessem de uma hora para outra os aborrecimentos do ex-presidente continuariam do mesmo tamanho ou, como está ocorrendo, aumentando a cada dia que passa”, continua o diretor de Veja. Reportagens que fomentam o ódio a Lula, como tem sido feito por Veja há mais de uma década, redundaram no ato terrorista contra o Instituto Lula na última quinta-feira 30, quando, de dentro de um veículo, jogaram uma bomba em frente à sede da entidade, na capital paulista. Na mesma semana em que acusou Lula, Veja também publicou uma fraude contra o senador Romário (PSB-RJ), pela qual foi desmascarada e também deverá ser alvo de processo pelo parlamentar, que afirma ter sido acusado injustamente de ter uma conta na Suíça com R$ 7,5 milhões.

[adrotate banner=”5″]