Álcool dá câncer? Cientistas obtêm primeira prova de que o consumo de bebidas alcoólicas aumenta risco da doença

Cientistas da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, informaram nesta quarta-feira (22) a primeira evidência em humanos de que o consumo de bebidas alcoólicas aumenta o risco de alguns tipos de câncer, como o de esôfago.

A descoberta surge quase 30 anos depois dos primeiros estudos que levantaram a possibilidade de um elo entre o álcool e tumores.

Os resultados foram apresentados no 244º Encontro Nacional da Sociedade Americana de Química.

Segundo a autora Silvia Balbo, que liderou o trabalho, o corpo humano metaboliza – ou seja, quebra – as moléculas de álcool contidas em cervejas, vinhos e destilados. Uma das substâncias formadas a partir desse metabolismo é chamada de “acetaldeído“, que tem estrutura semelhante a um conhecido composto cancerígeno, o “formaldeído” — ligado a tumores nos pulmões, nariz, cérebro e sangue (leucemia).

[adrotate banner=”2″]Por meio de experimentos em laboratório com voluntários, os pesquisadores observaram que o acetaldeído também pode danificar o DNA, o que pode levar ao câncer.

Para testar a hipótese, dez voluntários tiveram que beber doses crescentes de vodka (até três) uma vez por semana, durante três semanas. Os pesquisadores descobriram que, horas após a ingestão de álcool, os níveis de alterações no DNA aumentavam até 100 vezes nas células da boca dos indivíduos, e diminuíam depois de 24 horas. O mesmo efeito foi observado nas células sanguíneas.

De acordo com Silvia, a maioria das pessoas tem um mecanismo de proteção natural altamente eficaz contra o efeito do álcool no DNA – uma enzima chamada “desidrogenase” converte o acetaldeído em acetato, uma substância relativamente inofensiva. No entanto, alguns são mais suscetíveis a terem problemas.

Entre esse grupo, estão 1,6 bilhão de pessoas de origem asiática que não têm essa enzima. Além dos orientais, alguns americanos (incluindo nativos do Alasca) apresentam uma deficiência na produção da desidrogenase.

Os cientistas dizem, no entanto, que a maior parte dos indivíduos não desenvolverá câncer por beber socialmente, mas é importante lembrar que o álcool traz outros problemas de saúde – ao fígado, cérebro e outros órgãos – e aumenta os riscos de acidentes no trânsito.

Fonte: G1

Posted in Medicina, Verdade at agosto 23rd, 2012. No Comments.

Celular causa câncer ou não?

[adrotate banner=”5″]
Estudo mostra que celular aumenta em até 27% a incidência de tumores. Mas os cientistas dizem que isso não prova nada.

A radiação eletromagnética emitida pelos celulares traz risco à saúde? Há duas décadas esse enigma desafia os cientistas. E o maior estudo já feito sobre o assunto, que avaliou 14 mil pessoas em 13 países ao longo de 10 anos e acaba de ser concluído, trouxe as seguintes respostas: sim. Não. Talvez. O estudo, que foi realizado pela Organização Mundial da Saúde, está gerando polêmica na comunidade científica. Isso porque apontou que há associação entre o uso de celular e dois tipos de câncer. Mas com um porém. O estudo constatou que, no grupo de pessoas que tinham usado o celular durante pelo menos 1 640 horas – o equivalente a meia hora de uso por dia durante 10 anos-, havia 15% mais casos de glioma e 27% mais de meningioma (dois tipos de câncer cerebral). Mas os cientistas dizem que isso não prova nada. “Os dados são imprecisos”, declarou Daniel Krewski, biólogo da Universidade de Ottawa e um dos autores da pesquisa. Ele diz qeu o estudo não avaliou número suficiente de pessoas, e que os portadores de tumores podem ter reportado uso de celular superior ao real – o que teria distorcido os números, criando uma falsa elevação do risco de câncer.

Mas ne mtodos os pesquisadores aceitam essa explicação.  “O estudo da OMS confirmou as descobertas, feitas por vários grupos, de que o celular aumenta o risco de câncer no cérebro“, diz o oncologista Lennart Hardell, da Universidade de Orebro(Suécia). Seja como for, os cientistas da OMS querem fazer mais pesquisas. O próximo estudo a respeito pretende avaliar 350 mil usuários de celular – e só será concluído daqui a 20 anos.

Fonte Superinteressante

Posted in Mentiras, Verdades at julho 8th, 2010. 2 Comments.